sicnot

Perfil

Mundo

Jornal norueguês noticia a morte do Pai Natal aos 227 anos

Um jornal norueguês publicou a morte do Pai Natal, aos 227 anos, no obituário. Depois do erro, o Aftenposten pediu desculpa e garantiu que o personagem mais famoso do Natal não só está vivo, como está bem.

aftenposten.no

aftenposten.no

Foi na quinta-feira passada que alguém do Aftenposten publicou, no obituário do jornal, que o Pai Natal, agora com 227 anos, tinha morrido. No registo surgia a informação de que a figura que distribui presentes no Natal nasceu a 12 de dezembro de 1788 e que acabou por falecer no passado dia 3 de dezembro, segundo noticia o site da Globo.

Data de registo, data da morte, só faltava mesmo agendar o funeral. O acontecimento também constava da notícia que dava conta que quem se quisesse despedir do Pai Natal o poderia fazer no dia 28 deste mês na "Capela do Pólo Norte".

Num artigo online, o editor do jornal, Håkon Borud, afirmou que "o Aftenposten tem regras estritas sobre o conteúdo e o uso de símbolos no nosso obituário" e que o "anúncio é uma distorção (dessas regras) e nunca deveria ter sido publicado".

Ainda assim, o motivo de tal publicação não foi revelado.

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14