sicnot

Perfil

Mundo

Manuel Valls apela ao voto para derrotar a extrema-direita

O primeiro-ministro socialista francês, Manuel Valls, apelou na noite de segunda-feira à votação na direita em três regiões, para procurar evitar a vitória da extrema-direita na segunda volta das eleições regionais.

IAN LANGSDON

"Quando se ama o seu país, não se hesita e vai-se direto ao assunto", declarou o primeiro-ministro na estação de televisão TF1, durante a sua primeira intervenção pública depois de conhecidos os resultados da votação da primeira volta, realizada no domingo, marcada por uma espetacular ascensão da Frente Nacional (FN).

Valls apelou à votação nas listas de direita, no próximo domingo, nas regiões de Provence-Alpes-Côte d'Azur, no sudeste, onde Marion Maréchal-Le Pen teve mais 40% dos votos, de Nord-Pas-de-Calais-Picardie, no norte, onde a presidente da FN Marine Le Pen também recebeu mais de 40% dos sufrágios, e de Alsace-Champagne-Ardennes-Lorraine, onde o estratega da FN, Florian Philippot, também recebeu uma importante votação.

Grande perdedor da primeira volta das eleições, o Partido Socialista decidiu retirar os seus candidatos "nas regiões em que há um risco Frente Nacional e onde a esquerda não supera a direita", para "fazer barragem republicana" à extrema-direita.

No sudeste e norte, os candidatos do Partido Socialista retiraram-se, mas o do leste decidiu manter-se na corrida.

O primeiro-ministro insistiu hoje à noite com este candidato, Jean-Pierre Masseret, para que não persistisse. "Em momentos como este, não se deve persistir. É preciso ser digno, estar à altura do problema: Confortar a República", declarou Valls.

Lusa

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19

    Mundo

    O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos recebeu ao início da tarde na Noruega o prémio pelo trabalho que desenvolveu junto das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, FARC. As cerimónias são este sábado e marcadas pela ausência do Nobel da Literatura, Bob Dylan.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • Sporting critica decisão sobre vouchers antes do dérbi
    2:11

    Desporto

    A pouco mais de 24 horas do dérbi, o polémico caso dos vouchers volta a abalar as relações entre o Sporting e o Benfica. Os "leões" dizem que é falso que a UEFA tenha rejeitado a queixa contra as águias. O Comité Disciplinar do organismo europeu do futebol considerou que não há qualquer ato ilícito nas ofertas dos encarnados a árbitros.Mas para o diretor de comunicação do Sporting, a UEFA decidiu apenas não avançar com um processo porque está em curso uma investigação em Portugal.