sicnot

Perfil

Mundo

EUA admitem usar helicópteros para combater Daesh no Iraque

Os Estados Unidos estão preparados para envolver helicópteros de ataque contra o grupo extremista Daesh nos confrontos para recuperar Ramadi, no Iraque, se Bagdade pedir, disse hoje o responsável pela pasta da Defesa norte-americano, Ashton Carter.

© POOL New / Reuters

Os Estados Unidos "estão prontos para ajudar o Exército iraquiano com meios adicionais" para ajudar a "acabar o trabalho" em Ramadi, incluindo com helicópteros de ataque "Apache" e conselheiros militares para acompanharem as "forças iraquianas", disse Ashton Carter no Comité das Forças Armadas do Senado.

Aquelas forças serão empenhadas "se o primeiro-ministro iraquiano Haider al-Abadi pedir" e "se as circunstâncias o exigirem", afirmou.

Os helicópteros serão utilizados se "fizerem diferença" para vencer a batalha que dura há meses, disse um responsável pela Defesa dos Estados Unidos, que pediu para não ser identificado.

No Comité das Forças Armadas do Senado, o secretário da Defesa norte-americano reafirmou a necessidade de envolvimento da comunidade internacional contra o combate ao grupo extremista.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.