sicnot

Perfil

Mundo

Sonda japonesa Akatsuki entrou na órbita de Vénus

A sonda japonesa Akatsuki entrou na órbita de Vénus cinco anos depois do previsto, devido a problemas de propulsão que a obrigaram a andar à volta do Sol, informou hoje a Agência Aeroespacial do Japão (JAXA).

Imagem de Vénus captada pela sonda AKATSUKI imediatamente depois de entrar na órbita do planeta.

Imagem de Vénus captada pela sonda AKATSUKI imediatamente depois de entrar na órbita do planeta.

AKATSUKI / JAXA

Imagem de Vénus captada pela sonda AKATSUKI.

Imagem de Vénus captada pela sonda AKATSUKI.

AKATSUKI / JAXA

O aparelho da JAXA levará três meses a aproximar-se mais do planeta e a obter uma melhor trajetória, mas a equipa já recebeu as primeiras imagens onde se podem ver os gases que rodeiam Vénus, explicou numa conferência de imprensa o encarregado da missão, Masato Nakamura.

"Hoje recebemos a primeira imagem e fiquei muito surpreendido porque nunca vimos uma imagem tão boa como esta. Creio que podemos esperar muito (do trabalho da Akatsuki)", disse.

Na sua órbita atual a sonda leva 13 a 14 dias a dar uma volta completa a Vénus, mas nos próximos meses corrigirá a sua trajetória para se posicionar de modo a conseguir fazê-lo em cerca de nove.

A JAXA espera que a sonda inicie as suas operações regulares a partir de abril do próximo ano.

A Akatsuki foi lançada em maio de 2010 com seis tipos de equipamento de observação para estudar as espessas nuvens sulfúricas que envolvem o planeta, além dos seus fenómenos vulcânicos e meteorológicos.

O Japão investiu 25.200 milhões de ienes (188 milhões de euros) na sua missão a Vénus.

Lusa

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Sócrates acusa Cavaco de conspiração
    0:57
  • Bastidores do sambódromo: um espétaculo à parte
    3:22
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.