sicnot

Perfil

Mundo

Detido em Barcelona alegado jihadista procurado pelos EUA

A polícia regional da Catalunha deteve em Barcelona um alegado terrorista jihadista procurado desde 2011 pelos Estados Unidos, país onde estaria a recrutar elementos para a Al-Qaida do Magreb Islâmico e onde tentou montar uma célula.

Sobre o detido - um homem com dupla nacionalidade irlandesa e argelina chamado Charaf Damache - recaía uma ordem internacional de busca e captura, iniciada pelos EUA.

Sobre o detido - um homem com dupla nacionalidade irlandesa e argelina chamado Charaf Damache - recaía uma ordem internacional de busca e captura, iniciada pelos EUA.

© Cathal McNaughton / Reuters (Arquivo)

Sobre o detido - um homem com dupla nacionalidade irlandesa e argelina chamado Charaf Damache - recaía uma ordem internacional de busca e captura, iniciada pelos Estados Unidos.

Em conferência de imprensa hoje em Barcelona, o 'conseller' (ministro regional) do Interior (Administração Interna), Jordi Jané, indicou que Damache foi detido pelos Mossos d'Esquadra na tarde de quinta-feira em plena "capital" catalã.

Damache - que alegadamente teria tentado formar um novo grupo terrorista nos Estados Unidos em 2009 - ficou em prisão preventiva.

O seu processo será conduzido pela Audiência Nacional, uma instância especial espanhola com jurisdição em todo o território e especializada em crimes complexos como terrorismo, corrupção ou fraudes económicas e financeiras.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Esforço dos contribuintes para salvar bancos deve ser minimizado, diz Draghi
    1:49