sicnot

Perfil

Mundo

Confrontos entre polícia e militantes de extrema-esquerda alemães

Mais de 50 polícias ficaram feridos, no sábado, em Leipzig (leste da Alemanha), durante confrontos entre as forças de segurança e um milhar de militantes de extrema-esquerda que protestavam contra uma concentração neonazi, disse fonte policial.

Pelo menos 56 polícias e vários militantes ficaram feridos, indicou uma porta-voz da polícia, sem precisar a gravidade dos ferimentos. Cerca de 30 veículos policiais foram danificados nos confrontos, acrescentou.

As forças de segurança efetuaram mais de 20 detenções, disse.

Os confrontos ocorreram à margem de uma manifestação contra uma concentração neonazi, na qual participaram cerca de 150 pessoas.

"Perto de um milhar" de militantes de extrema-esquerda, muito ativos em Leipzig, atacaram violentamente agentes da polícia em várias zonas da cidade, atirando pedras e petardos e bloqueando as ruas com caixotes de lixo a arder.

Os manifestantes atacaram também os bombeiros, disse a polícia do 'land' (Estado regional) da Saxónia, na sua conta na rede social Twitter.

A polícia respondeu com canhões de água e granadas de gás lacrimogéneo.

Lusa

  • Documentos envolvem presidente de IPSS em práticas ilegais
    5:45
  • Novo horário aos sábados na Autoeuropa avança em fevereiro
    1:32

    Economia

    As negociações na Autoeuropa sobre o novo horário aos sábados estão terminadas. Ao que a SIC apurou, não há mais questões a debater, porque a fábrica perguntou diretamente aos trabalhadores que modelo de turnos preferiam. O horário avança no primeiro fim de semana de fevereiro.

  • A casa dos horrores
    7:57