sicnot

Perfil

Mundo

Confrontos entre polícia e militantes de extrema-esquerda alemães

Mais de 50 polícias ficaram feridos, no sábado, em Leipzig (leste da Alemanha), durante confrontos entre as forças de segurança e um milhar de militantes de extrema-esquerda que protestavam contra uma concentração neonazi, disse fonte policial.

Pelo menos 56 polícias e vários militantes ficaram feridos, indicou uma porta-voz da polícia, sem precisar a gravidade dos ferimentos. Cerca de 30 veículos policiais foram danificados nos confrontos, acrescentou.

As forças de segurança efetuaram mais de 20 detenções, disse.

Os confrontos ocorreram à margem de uma manifestação contra uma concentração neonazi, na qual participaram cerca de 150 pessoas.

"Perto de um milhar" de militantes de extrema-esquerda, muito ativos em Leipzig, atacaram violentamente agentes da polícia em várias zonas da cidade, atirando pedras e petardos e bloqueando as ruas com caixotes de lixo a arder.

Os manifestantes atacaram também os bombeiros, disse a polícia do 'land' (Estado regional) da Saxónia, na sua conta na rede social Twitter.

A polícia respondeu com canhões de água e granadas de gás lacrimogéneo.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.