sicnot

Perfil

Mundo

Confrontos entre polícia e militantes de extrema-esquerda alemães

Mais de 50 polícias ficaram feridos, no sábado, em Leipzig (leste da Alemanha), durante confrontos entre as forças de segurança e um milhar de militantes de extrema-esquerda que protestavam contra uma concentração neonazi, disse fonte policial.

Pelo menos 56 polícias e vários militantes ficaram feridos, indicou uma porta-voz da polícia, sem precisar a gravidade dos ferimentos. Cerca de 30 veículos policiais foram danificados nos confrontos, acrescentou.

As forças de segurança efetuaram mais de 20 detenções, disse.

Os confrontos ocorreram à margem de uma manifestação contra uma concentração neonazi, na qual participaram cerca de 150 pessoas.

"Perto de um milhar" de militantes de extrema-esquerda, muito ativos em Leipzig, atacaram violentamente agentes da polícia em várias zonas da cidade, atirando pedras e petardos e bloqueando as ruas com caixotes de lixo a arder.

Os manifestantes atacaram também os bombeiros, disse a polícia do 'land' (Estado regional) da Saxónia, na sua conta na rede social Twitter.

A polícia respondeu com canhões de água e granadas de gás lacrimogéneo.

Lusa

  • Debate quinzenal com o primeiro-ministro

    País

    A situação económica e financeira foi o tema escolhido pelo Governo, mas a polémica da descida da Taxa Social Única dominará certamente a discussão na Assembleia da República. Veja aqui em direto e participe no Minuto a Minuto Parlamento Global/SIC.

    Direto

  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.