sicnot

Perfil

Mundo

Uma saudita eleita na região de Meca nas primeiras eleições abertas a mulheres

Uma saudita foi eleita na região de Meca (oeste) nas primeiras eleições abertas a mulheres, candidatas e eleitoras, no reino ultraconservador da Arábia Saudita, anunciou hoje a Comissão Eleitoral.

Aya Batrawy / AP

Salma bint Hizab al-Oteibi conquistou um assento em Madrakah, localidade da região sagrada de Meca, indicou o presidente da Comissão Eleitoral, Osama al-Bar, ao anunciar os primeiros resultados das eleições municipais, realizadas no sábado, à agência oficial SPA.

Segundo o mesmo responsável, Salma bint Hizab al-Oteibi disputou o assento na sua circunscrição com sete homens e duas mulheres.

"A participação das mulheres nos conselhos municipais" testemunha, entre outros, "a atenção e o interesse do Estado em envolver ainda mais esses conselhos no desenvolvimento do país", acrescentou o presidente da Comissão Eleitoral local.

Este sábado, os eleitores e, pela primeira vez, as eleitoras foram chamados a escolher entre 6.000 candidatos homens e 900 mulheres, que disputavam um assento nos 284 conselhos municipais, assembleias de poderes limitados que são as únicas compostas por representantes eleitos na Arábia Saudita.

A Comissão Eleitoral, numa estrita aplicação da lei islâmica ("sharia"), impôs a segregação total dos sexos durante a campanha eleitoral e proibiu a utilização de fotografias pelos candidatos no decurso da campanha ou que pronunciem discursos perante pessoas do outro sexo.

A medida afetou sobretudo as mulheres, menos de 10% dos eleitores registados nos cadernos eleitorais (130.637 num universo de 1.486.477), mas que pela primeira vez na história do reino tiveram direito a voto.

Foi um decreto real de 2011, ratificado pelo falecido rei saudita Abdullah bin Abdul Aziz, que permitiu às mulheres participar nas eleições municipais como candidatas e votantes precisamente a partir deste escrutínio.

DM (PCR) // DM

Lusa/Fim

NewsSubjects:- Política - Sociedade - Eleições - eleições locais - candidatos eleitorais

20151213T062631

  • Quase 200 queixas por dia sobre serviços de saúde em 2017
    1:46

    País

    Foram apresentadas, em 2017, quase 200 queixas por dia sobre o funcionamento dos serviços de saúde públicos e privados. As questões administrativas e os tempos de espera foram as principais razões das mais de 70 mil reclamações recebidas pela Entidade Reguladora da Saúde.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • 45 anos de Partido Socialista
    3:31

    País

    O PS completou 45 anos esta quinta-feira. Acaso ou não, a festa aconteceu um dia depois de terem ficado concluídos dois acordos com o PSD que fazem renascer o debate sobre o posicionamento ideológico do partido socialista.

  • Trump convida Putin a visitar EUA

    Mundo

    O Presidente dos EUA, Donald Trump convidou o homólogo russo a visitar a Casa Branca e Vladimir Putin ter-se-á mostrado disponível a visitar o país em breve, segundo a agência de notícia russa RIA Novosti que cita o chefe da diplomacia de Moscovo.

  • Senado aprova à tangente novo diretor da NASA

    Mundo

    O Senado norte-americano aprovou na quinta-feira, à tangente, a nomeação do novo diretor da agência espacial norte-americana, com 50 votos favoráveis contra 49, colocando à frente da NASA um cético das alterações climáticas, adiantou a Efe.

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
    Mudar de Vida

    Mudar de Vida

    5ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    No "Mudar de Vida" desta quinta-feira damos a conhecer mais um caso de quem teve coragem de arriscar e procurar um novo futuro. Susana Moraes é uma economista que decidiu seguir a paixão pela dança. 

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16