sicnot

Perfil

Mundo

Libertados 56 menores sujeitos a exploração infantil em fábricas na Índia

As autoridades indianas resgataram 56 menores, 26 dos quais com menos de 14 anos, que eram explorados em fábricas ilegais de bijuteria no sudeste da Índia, disse à Efe uma fonte policial.

Os menores foram encontrados durante várias rusgas da polícia na terça-feira na parte velha da cidade de Hyderabad, onde trabalhavam em "salas escuras, enquanto eram expostos a químicos tóxicos e perigosos", explicou o subcomissário V. Satyanarayana, que disse que alguns deles apresentavam erupções cutâneas e outros problemas de pele.

"Trabalhavam em condições desumanas", afirmou o subcomissário, que indicou que os menores faziam pulseiras durante 12 a 14 horas por dia, trabalho que era pago com um salário de 2.000 rupias por mês (cerca de 30 dólares).

Além disso, segundo a fonte, os menores passavam longos períodos sem verem a luz natural e não tinham uma alimentação saudável.

Cinco pessoas foram detidas durante as operações policiais em três fábricas.

Os menores eram oriundos dos estados orientais de Jharkhand e Bengala e do estado setentrional de Bihar.

Nos primeiros quatro meses de 2015 foram resgatados pelo menos 385 menores em várias fábricas de Hyderabad.

Com cerca de 50 milhões de crianças trabalhadoras, a Índia é o país a nível mundial com maior incidência de emprego infantil, um valor que se reduziu em dez milhões durante os últimos anos, segundo a ONG Bachpan Bachao Andolan (Movimento para Salvar a Infância).

O fundador desta organização, Kailash Satyarthi, recebeu o prémio Nobel da Paz de 2014, partilhado com a jovem paquistanesa Malala Yousafzai, conhecida pela sua luta a favor da educação da mulher.

Lusa

  • Está uma baleia no Cais do Sodré, em Lisboa

    País

    A capitania do Porto de Lisboa confirma a notícia. O cetáceo, um cachalote pigmeu com cerca de dois metros, está morto. Encontra-se encalhado junto à marge norte do Rio Tejo. A situação está a ser acompanhada pelas autoridades.

    Última Hora

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos oito jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.