sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades belgas poderão reter documentos de identificação a partir de janeiro

As autoridades belgas poderão, a partir de 1 de janeiro, retirar os documentos de identidade às pessoas que planeiam viajar para a Síria e para o Iraque, sobretudo para se juntarem às fileiras do grupo extremista Daesh.

(arquivo)

(arquivo)

© Francois Lenoir / Reuters

Segundo a imprensa local, o ministro do Interior belga, Jan Jambon, pode autorizar o acesso a informações que permitam agir a nível de segurança local e apoio psicossocial.

A solicitação para a apreensão de documentos é processada através do Órgão de Coordenação para a Análise de Ameaças, que dispõe de um banco de dados com o registo de 420 radicais.

Os documentos podem ser retirados durante três a seis meses.

Jan Jambon, anunciou, entretanto, que irá apresentar um "plano global" para a comuna de Molenbeek-Saint-Jean (Bruxelas), onde viviam vários dos alegados envolvidos nos ataques de Paris de 13 de novembro.

Em entrevista a uma televisão flamenga, o ministro avançou que haverá ajuda à comuna para o registo de pessoas, o reforço da polícia e para a luta contra a economia paralela, uma vez que os terroristas conseguem armas através de "atividades criminosas".

Com Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.