sicnot

Perfil

Mundo

Líder do PSOE afasta eventuais coligações políticas a "qualquer preço"

O líder dos socialistas espanhóis, Pedro Sánchez, garantiu hoje que não vai tentar formar governo "a qualquer preço" e alertou o Podemos que não vai negociar nenhum acordo que ponha em perigo a integridade territorial espanhola.

reuters

Durante um discurso perante o Comité Federal do PSOE, Pedro Sánchez, insistiu que compete ao Partido Popular formar governo mas sublinhou que caso não venha a ser possível a Mariano Rajoy conseguir um executivo, os socialistas têm "legitimidade" para assumirem responsabilidades tentando uma nova maioria "progressistas" e de "esquerda".

Desta forma, Sánchez informou que vai contactar "todas" as forças políticas, de forma "transparente" para que os espanhóis venham a saber o que pode vir a ser eventualmente negociado.

Sobre o Podemos, terceira força política mais votada nas eleições gerais de 20 de dezembro, o líder do PSOE frisou que não vai negociar de qualquer forma referindo-se diretamente ao referendo sobre a independência da Catalunha que, afirmou, pode ser o "princípio de novas ruturas" no país.

O programa político do Podemos admite a realização de um referendo na Catalunha, apesar de o partido liderado por Pablo Iglésias defender a integridade territorial espanhola.

  • Moutinho e Rafael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • "Procedi nesta matéria como procedo em todas as outras"
    0:40

    País

    O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, não esclarece se falou diretamente com Rui Rio sobre o projeto de lei dos combustíveis do CDS antes do voto favorável estar decidido. No entanto, disse que o processo de decisão foi igual a todos os outros. O presidente do PSD era contra o diploma dos centristas.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.