sicnot

Perfil

Mundo

Um polícia morto e oito feridos durante ataque com granada em Caracas

As autoridades venezuelanas confirmaram hoje que um agente da Guarda Nacional Bolivariana (polícia militar) morreu na sequência de um ataque com uma granada a uma esquadra móvel, que feriu outros oito polícias.

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

Segundo fontes policiais, o ataque ocorreu pelas 22:30 locais de domingo (03:00 de hoje em Lisboa), na Praça La Concórdia (centro de Caracas) e o engenho explosivo terá sido lançado a partir de um edifício do programa governamental Grande Missão Habitação Social Venezuelana, situado junto da praça.

O ataque está a ser investigado por funcionários da Divisão Anti-terrorismo do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas (Cicpc, antiga Polícia Técnica Judiciária) e do Serviço Bolivariano de Informações (Sebín, serviços secretos).

Segundo a imprensa venezuelana, pelo menos 600 polícias e militares foram assassinados na Venezuela desde janeiro de 2015, 144 deles na zona da Grande Caracas (cidade capital e vizinhos estados de Vargas e Miranda).

Entre 23 e 26 de dezembro, outros cinco polícias foram assassinados em Caracas, dois deles quando desconhecidos atacaram um grupo de agentes que se encontrava junto da esquadra policial de San Agustín (centro de Caracas).

De acordo com o comissário Rafael Graterol, da Polícia de Miranda, a maioria dos ataques a polícias converteu-se numa forma de os criminosos conseguirem as armas que vão usar para cometer crimes.

Segundo a imprensa venezuelana, pelo menos 439 pessoas foram assassinadas na zona da Grande Caracas desde o passado dia 01 de dezembro.

Lusa

  • "Se me pergunta se estou de consciência tranquila, estou"
    2:13

    País

    O ministro Vieira da Silva assegura que aguarda com tranquilidade que a investigação em curso esclareça as alegadas irregularidades na associação Raríssimas. Alguns mecenas estão já a suspender o apoio, na sequência do escândalo que já levou a duas demissões. 

  • Novo regime dos recibos verdes "acaba com as injustiças dos escalões"
    1:10
  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.