sicnot

Perfil

Mundo

Ministro australiano demite-se após incidente com mulher num bar de Hong Kong

O ministro australiano Jamie Briggs demitiu-se hoje após admitir um "erro de julgamento profissional" quando esteve num bar de Hong Kong com uma funcionária pública.

Arquivo Reuters

Jamie Briggs deixou o posto de ministro para o urbanismo (Cities and Built Environment) após a mulher levantar dúvidas acerca do seu comportamento durante uma saída noturna.

Briggs não explicou o que aconteceu em concreto no bar, muito frequentado, após um jantar com o seu chefe de gabinete, dizendo apenas que nada de ilegal foi alegado ou tinha ocorrido.

"Nunca foi minha intenção atuar inapropriadamente. Foi um erro de julgamento profissional", disse.

Segundo o portal Adelaide Advertiser, Briggs terá dito à mulher que esta tinha "olhos penetrantes", pôs o braço em torno dela e, mais tarde, beijou-a no rosto, quando se despediram.

Briggs disse que se tratou de um convívio "informal" mas admitiu que o seu comportamento não correspondeu aos elevados padrões exigidos a um ministro.

O primeiro-ministro Malcolm Turnbull revelou também que outro ministro, Mal Brough, vai deixar o cargo devido a uma investigação policial.

Brough apresentou a demissão devido à investigação ao seu papel na queda do antigo presidente do Parlamento, em relação à qual nega qualquer irregularidade.

  • Resgatada mais uma criança com vida após sismo em Itália
    0:30
  • Ilibados trabalhadores castigados por consulta de dados fiscais

    País

    Os funcionários da Autoridade Tributária, que tinham sido castigados por terem consultado dados fiscais, foram absolvidos. O jornal Público avançou hoje que as orientações contra as sanções a aplicar aos funcionários partiram do ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Repórteres fazem relato impressionante dos acontecimentos em Charlottesville
    3:40