sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades belgas continuam a investigar potenciais ataques na passagem de ano

A polícia belga continua esta quarta-feira a investigar as ameaças de atentados, que podem acontecer durante os festejos de passagem do ano, em Bruxelas.

O país mantém o nível 3 de alerta e continua com segurança reforçada nos locais por onde circulam mais pessoas.

O país mantém o nível 3 de alerta e continua com segurança reforçada nos locais por onde circulam mais pessoas.

© Francois Lenoir / Reuters

As autoridades e a Câmara de Bruxelas devem decidir ainda hoje se mantêm as celebrações de fim de ano ou se, por prevenção, terão de cancelá-las.

O país mantém o nível 3 de alerta e continua com segurança reforçada nos locais por onde circulam mais pessoas.

Ontem, a polícia deteve duas pessoas suspeitas de estarem a preparar ataques terroristas. Durante a operação, não encontrou armas nem explosivos, mas apreendeu material informático e propaganda do Daesh.

As autoridades belgas já revelaram que os ataques que estavam a ser preparados eram semelhantes aos atentados de 13 de novembro, em Paris.

  • Barco naufraga no Brasil, pelo menos sete mortos

    Mundo

    Uma embarcação com cerca de 70 pessoas a bordo naufragou na terça-feira no rio Xingú, no estado brasileiro do Pará. Pelo menos 25 pessoas foram resgatadas com vida, há sete mortos confirmados.

    Em atualização

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13
  • Criança irrequieta domina noticiário britânico
    1:19