sicnot

Perfil

Mundo

Um morto e quase 200 feridos em celebrações antecipadas do Ano Novo nas Filipinas

Uma pessoa morreu e quase 200 outras ficaram feridas na sequência de balas perdidas e da explosão de fogo-de-artifício nas Filipinas no arranque das caóticas celebrações da época do Ano Novo, informaram esta quinta-feira as autoridades.

(Arquivo)

(Arquivo)

MARK R. CRISTINO / Lusa

As autoridades filipinas indicaram que 185 pessoas receberam assistência médica por incidentes relacionados com explosões ou disparos, sendo que uma foi baleada mortalmente, desde 21 de dezembro, altura em que o país, predominantemente católico, inicia duas semanas de férias e folia.

A polícia indicou que cinco civis, um soldado e uma agente foram detidos por dispararem ilegalmente armas de fogo.

Os incidentes relacionados com o Ano Novo diminuíram em 2014, altura em que 351 pessoas foram feridas por fogo-de-artifício e três atingidas por balas perdidas, o número mais baixo em cinco anos.

Contudo, o número de pessoas que teve de fazer amputações subiu de oito para 14, incluindo um menino de cinco anos que perdeu a mão.

Nas celebrações de 2013, pelo menos duas pessoas morreram e 793 ficaram feridas.

Lusa

  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.