sicnot

Perfil

Mundo

Detidos quinta-feira por ameaças terroristas em Bruxelas foram libertados

Todos os seis detidos na quinta-feira em Bruxelas, no âmbito de ameaças de ataques terroristas durante as comemorações do Ano Novo foram libertados depois de serem ouvidos, segundo a Procuradoria belga federal.

© Francois Lenoir / Reuters

A mesma fonte informou não adiantar, por agora, mais informações sobre o processo das pessoas detidas em operações policiais na zona da capital belga, nomeadamente Molenbeek, Anderlecht, Laeken e Woluwe-Saint-Pierre.

Na quinta-feira à noite já tinham sido libertados três homens, com o juiz de instrução a decidir prolongar por outras 24 horas a detenção dos restantes, que hoje acabaram por também sair em liberdade.

O material informático e os telefones apreendidos nas buscas continuam a ser analisados.

Durante a semana duas outras pessoas tinham sido detidas por suspeita de planearem ataques a "locais emblemáticos de Bruxelas", tendo um juiz decidido na quinta-feira prolongar a prisão preventiva.

Saïd Saouti et Mohamed Karay são suspeitos de ameaças de atetandos e participação em atividades de um grupo terrorista.

Os homens foram detidos domingo de manhã, na sua casa, na comuna de Anderlecht.

Os festejos oficiais do ano novo nas ruas do centro de Bruxelas foram cancelados, depois de analisados pareceres das forças de segurança.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.