sicnot

Perfil

Mundo

Senador dos EUA pede a Obama que aplique sanções mais fortes contra Venezuela

O senador democrata norte-americano Bob Menéndez pediu na segunda-feira ao Presidente Barack Obama que "chame os líderes do continente e de todo o mundo" para que se "unam a sanções progressivamente mais fortes" contra o Governo venezuelano.

Craig Ruttle

Numa carta, dirigida a Barack Obama, o democrata pede inclusive que os Estados Unidos promovam a exclusão do "regime de Nicolás Maduro" dos fóruns internacionais e que se adotem outras penalizações internacionais.

Por outro lado, instou o Presidente norte-americano a impulsionar, junto da Organização de Estados Americanos, a invocação da Carta Democrática interamericana contra o Governo venezuelano.

As novas medidas reforçariam as sanções (suspensão de vistos e congelamento dos bens em território norte-americano) aprovadas em 2014 e em 2015 contra sete funcionários do Governo venezuelano, que se considerou representarem um "risco extraordinário" para a segurança dos Estados Unidos.

Segundo a imprensa venezuelana, o porta-voz do Departamento de Estado norte-americano John Kirby manifestou na segunda-feira estar preocupado com as interferências do Governo venezuelano contra o novo parlamento que hoje toma posse e cuja maioria passou a ser da oposição.

"Estamos preocupados pelas tentativas do Governo venezuelano de interferir no exercício das funções por mandato constitucional da Assembleia Nacional, recém-eleita", disse aos jornalistas.

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, já reagiu às preocupações de Washington e acusou os Estados Unidos de ingerência nos assuntos internos da Venezuela.

"O direito à rebelião perante ameaças está em vigor", disse Nicolás Maduro, precisando que o Governo estuda "linhas mestras" contra os adversários políticos, os quais acusou de atuar em cumplicidade com os Estados Unidos.

A aliança opositora Mesa de Unidade Democrática obteve, nas eleições de 06 de dezembro último, a primeira vitória em 16 anos, conseguindo 112 dos 167 lugares que compõem o parlamento, uma maioria de dois terços que lhe confere amplos poderes e marca uma viragem história contra o chavismo.

Lusa

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC