sicnot

Perfil

Mundo

Deputados britânicos debatem este mês petição contra entrada de Donald Trump no Reino Unido

Os deputados britânicos vão debater, a 18 de janeiro, a petição que exige a proibição de entrada no Reino Unido do candidato à Presidência dos Estados Unidos Donald Trump, anunciou hoje o parlamento britânico.

Mic Smith

O debate vai decorrer numa sala de Westminster Hall, a área mais antiga do palácio de Westminster, e não haverá votação no final do debate, indicou a comissão de petições da Câmara dos Comuns

De acordo com as regras em vigor, a comissão é obrigada a realizar um debate sempre que uma petição recolha mais de cem mil assinaturas.

A petição contra o candidato às primárias do partido Republicano para a eleição do presidente dos Estados Unidos recolheu cerca de 568 mil assinaturas.

O milionário norte-americano foi alvo de críticas em todo o mundo depois de ter proposto proibir a entrada de muçulmanos nos Estados Unidos, na sequência da morte de 14 pessoas num tiroteio em San Bernardino, na Califórnia (costa oeste).

Trump afirmou existirem em Paris e em Londres zonas radicalizadas onde a polícia recusava entrar, uma declaração imediatamente desmentida nas duas capitais europeias.

  • Samaris suspenso por três jogos

    Desporto

    O internacional grego do Benfica Samaris foi castigado com três jogos de suspensão pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, após ter sido instaurado um auto de flagrante delito por parte da Comissão de Instrutores.

    Em atualização

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.