Mundo

Um boneco de Lego com o seu rosto em 3D

Imagine um bolo de casamento com as réplicas dos noivos em legos, ou um super herói com a sua cara. É possível ter uma mini peça de nós próprios. Com impressoras 3D, é possível encomendar através de uma fotografia, a imagem da nossa face transformada numa cabeça a três dimensões, que se encaixa depois num boneco de lego.

funky3Dfaces/Etsy

O serviço está disponível na Etsy e custa cerca de 27 euros. A impressão é feita numa espécie de grés e encaixada numa peça de Lego. Não é possível trocar as peças do cabelo, mas o vendedor cria o penteado no momento da encomenda.

O corpo em Lego é comprado à parte - um super herói à escolha, entre outras opções.

O funky3Dfaces é um projeto de impressão em 3D que se especializou na construção de ossos artificiais para a indústria médica e de modelos para a indústria da arquitetura.

"Apesar de gostarmos de fazer e ossos artificiais e edifícios, quizemos usar a tecnologia para fazer algo de divertido e acessível às massas", explica a empresa.

  • Sabe que pode estar a pagar 100€ a mais na fatura do gás?
    2:29

    Economia

    A maior parte das empresas fornecedoras de gás continua a cobrar aos clientes a taxa de ocupação do subsolo ao clientes, apesar da lei dizer que deve ser paga pelas empresas desde janeiro de 2017. Cada Câmara Municipal cobra o que entende e há autarquias que não cobram nada. Em alguns casos podemos estar a falar de mais de 8 euros por mês, ou seja, mais de 100 euros por ano.

  • Jorge Jesus já pode falar sobre o Sporting
    2:27

    Desporto

    No Sporting, Battaglia e Bas Dost podem estar de regresso ao clube de Alvalade, depois de terem rescindido contrato. Outra das notícias do dia é o fim da cláusula de confidencialidade que não permitia a Jorge Jesus falar sobre o tempo passado no clube.

  • As técnicas e o currículo polémico do Dr. Bumbum
    2:10

    Mundo

    Uma mulher morreu após uma operação aos glúteos, feita na casa de um cirurgião plástico conhecido no Brasil por Dr. Bumbum. Depois de quatro dias em fuga, o homem entregou-se às autoridades. O médico operava as mulheres em casa e no currículo tem um curso que não acabou e pós-graduações que não são reconhecidas.

  • "A bebedeira passa, o resto não!"
    2:48
  • "Não tenho casa, não tenho família, não sei para onde ir"
    0:15