sicnot

Perfil

Mundo

México inicia processo de extradição de "El Chapo" para os EUA

As autoridades mexicanas anunciaram este sábado o início do processo de extradição do narcotraficante Joaquín "El Chapo" Guzmán para os Estados Unidos, após ter sido capturado na sexta-feira em Sinaloa, no México.

"El Chapo" é procurado pelos Estados Unidos por várias acusações, incluindo tráfico de cocaína e lavagem de dinheiro.

"El Chapo" é procurado pelos Estados Unidos por várias acusações, incluindo tráfico de cocaína e lavagem de dinheiro.

© Henry Romero / Reuters

A Procuradoria-Geral da República do México explicou, num comunicado, que não há impedimento para concretizar a extradição emitida contra Guzmán, na sequência da fuga, a 11 de julho do ano passado, de uma prisão de segurança máxima no México.

As autoridades mexicanas tinham transferido na sexta-feira Joaquín "El Chapo" Guzmán de regresso à prisão de alta segurança de Altiplano, de onde tinha conseguido escapar por um túnel com 1,5 quilómetros ligado a uma casa situada fora do perímetro do estabelecimento prisional.

Considerado um dos principais líderes de cartéis de tráfico de droga do mundo, o seu cartel traficou biliões de euros em drogas para os Estados Unidos, que pede a sua extradição.

"El Chapo" é procurado pelos Estados Unidos por várias acusações, incluindo tráfico de cocaína e lavagem de dinheiro.

A cadeia de Altiplano, localizada a cerca de 90 quilómetros da capital, volta a ser o local de detenção de Joaquín Guzmán, que perpetrou duas fugas em 14 anos.

Uma das informações que levou à detenção do narcotraficante veio de diligências feitas pelo próprio para gravar um filme autobiográfico, tento contactado atores e produtores para concretizar o projeto.

Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22