sicnot

Perfil

Mundo

Bombardeiro dos EUA sobrevoa Coreia do Sul, numa demonstração de força

Um bombardeiro norte-americano sobrevoou hoje a Coreia do Sul, numa demonstração de força do exército dos Estados, aliados de Seul, após o teste nuclear de Pyongyang.

Bombardeiro B52

Bombardeiro B52

© Muhammad Hamed / Reuters

O bombardeiro B52 Stratofortress, que pode transportar armas nucleares, e com um raio de longo alcance, sobrevoou a base aérea militar de Osan, a cerca de 70 quilómetros a sul da fronteira entre as duas Coreias, antes de regressar à sua base, indicou o exército norte-americano e uma testemunha.

O B-52, que foi destacado da base norte-americana de Andersen, na ilha de Guam, é frequentemente utilizado nos exercícios militares anuais conjuntos dos Estados Unidos e da Coreia do Sul.

Contudo, os seus envios para alguma zona raramente são tornados públicos.

A última vez que tal sucedeu foi em 2013, após o terceiro ensaio nuclear norte-coreano. Na altura, o exército norte-americano destacou um B52 e ainda um bombardeiro furtivo B2.

Num comunicado conjunto das forças armadas dos Estados Unidos e da Coreia do Sul indica-se que o bombardeiro destacado sobrevoou Osan escoltado por dois caças sul-coreanos F-15 e dois caças norte-americanos F-16.

Lusa

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.