sicnot

Perfil

Mundo

PM do Canadá condena ataque contra refugiados em Vancouver

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, condenou, este sábado, o ataque de que foram alvo três dezenas de refugiados sírios, atingidos com gás pimenta, durante uma receção de boas-vindas realizada em Vancouver.

Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá

Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá

© Chris Wattie / Reuters


O grupo de recém-chegados sírios, que incluía crianças, foi pulverizado com gás pimenta na sexta-feira por um ciclista, não identificado, quando se reunia ao ar livre para participar no evento de boas-vindas no Centro da Associação Muçulmana do Canadá, indicou a polícia de Vancouver, no oeste do país.

"Isto não é quem nós somos -- e não reflete o caloroso acolhimento que os canadianos ofereceram", escreveu o primeiro-ministro na rede social Twitter, condenando o ataque.

"Apesar de se desconhecer, de momento, o motivo para o ataque com gás pimenta, os investigadores estão a tratar o caso como um crime motivado pelo ódio, até que se determine outro", indicou o Departamento da Polícia de Vancouver, em comunicado.

Não foram efetuadas quaisquer detenções, estando a polícia à procura do suspeito.

"Este é um ato de covardia condenado por todos os canadianos com consciência", afirmou o presidente do Conselho Nacional de Canadianos Muçulmanos, Kashif Ahmed, também em comunicado.

O governo do Canadá afirmou ter acolhido mais de 6.000 refugiados sírios até ao final de 2015, mas falhou em cumprir a sua promessa de receber 10.000, uma meta que garantiu que irá alcançar este mês.

O Canadá recebe uma média de 250 mil refugiados de todo o mundo anualmente.

  • O que o mundo diz sobre o busto de Cristiano Ronaldo

    Desporto

    O Aeroporto Cristiano Ronaldo foi inaugurado esta quarta-feira. A notícia foi dada pelos meios de comunicação de todo o mundo, que não deixaram passar o busto do jogador português, apresentado pelo próprio. A estátua foi amplamente comentada e analisada, com palavras como "terrível", "duvidoso" e "bizarro".

    Ana Rute Carvalho

  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.