sicnot

Perfil

Mundo

Fenómeno El Niño atingiu "pico" entre novembro e dezembro

O fenómeno El Niño, que pode provocar severas alterações meteorológicas, inundações ou secas, alcançou o seu "pico" entre novembro e dezembro de 2015, segundo informou hoje a Agência Meteorológica do Japão (JMA).

O fenómeno conhecido como El Niño, provocou elevadas temperaturas na Ásia e no leste de África, bem como fortes chuvas e inundações em vários países da América.

O fenómeno conhecido como El Niño, provocou elevadas temperaturas na Ásia e no leste de África, bem como fortes chuvas e inundações em vários países da América.

© Jorge Adorno / Reuters (Arquivo)

Segundo as previsões do organismo, existe uma forte probabilidade de a meteorologia voltar aos níveis normais a partir do próximo verão setentrional.

Recentemente, a agência espacial norte-americana NASA publicou imagens de satélite que mostram semelhanças entre o atual fenómeno do El Niño e um episódio ocorrido em 1997 e 1998 que também esteve na origem de catástrofes naturais.

O fenómeno conhecido como El Niño, que consiste no aumento da temperatura na superfície do Oceano Pacífico, provocou elevadas temperaturas na Ásia e no leste de África, bem como fortes chuvas e inundações em vários países da América.

Por seu lado, a Agência Meteorológica da Austrália divulgou na semana passada que o El Niño no curso de 2015-16 será um dos três mais fortes dos últimos 50 anos pelas altas temperaturas registadas - mais três graus do que o habitual.

Lusa

  • Cheias na América do Sul já obrigaram mais de 140 mil pessoas a abandonar as casas
    0:36

    Mundo

    As cheias na América do Sul já obrigaram mais de 140 mil pessoas a abandonar as casas. O Paraguai, a Argentina, o Uruguai e o Brasil estão a ser atingidos por tempestades que já inundaram milhares de quilómetros quadrados de campos e cidades e fizeram com que os rios transbordassem e ultrapassassem, em muito, as margens. O governo do Paraguai, o país mais atingido, já declarou o estado de emergência em sete regiões e diz que, para já, é impossível contabilizar os mortos e os danos materiais que o mau tempoe está a causar. Os meteorologistas dizem que a culpa é do El Niño, que está a ser o mais extremo dos últimos 15 anos.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.