sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 10 mortos numa explosão em Istambul

Pelo menos dez pessoas morreram e 15 ficaram hoje feridas após uma explosão na praça de Sultanahmet, no centro histórico de Istambul perto da basílica Sainte-Sophie e da Mesquita azul, avança a imprensa turca. As causas da explosão estão a ser investigadas, mas as autoridades suspeitam de origem terrorista.

reuters

Reuters

Reuters

"Suspeitamos de uma origem terrorista", declarou um responsável do governo turco à agencia de notícias francesa AFP, sob anonimato, confirmando os inúmeros relatos de testemunhas que se encontravam no local.

Segundo o gabinete do Governador, está a ser investigado o tipo de explosivo que terá estado na origem do incidente. Ambulâncias e a polícia chegaram rapidamente ao local onde se deu a explosão, segundo as imagens que os canais de televisão turcos estão já a transmitir.

Segundo a CNN-Turquia, entre os feridos estão turistas alemães e noruegueses.

Ainda não sendo conhecida a causa da explosão, um testemunho avançado pela emissora turca nacional assegura que "parecia tratar-se de um atentado suicida, muito próximo do obelisco egípcio na Esplanada da Mesquita".

A detonação, violenta, foi ouvida e sentida pelas 10:18 locais (menos duas em Lisboa) na praça Taksim, a vários quilómetros de distância de Sultanahemet, confirmou à agência de notícias francesa AFP uma testemunha que se encontrava naquele local.

Várias ambulâncias e a polícia chegaram rapidamente ao local onde se deu a explosão, segundo as imagens que os canais de televisão turcos estão já a transmitir.

A zona foi isolada pela polícia, tendo o trânsito nas ruas adjacentes sido cortado como medida de precaução, acrescenta a cadeia televisiva CNN-Turquia. A estação avança ainda que foi proibida a cobertura jornalística na área.

A Turquia vive há vários meses em estado de alerta depois do duplo atentado suicida que fez 103 mortos, em outubro passado, à frente da estação de comboios central de Ancara.

O duplo atentado aconteceu cerca de três semanas antes das eleições legislativas antecipadas turcas (agendadas para 01 de novembro), tendo o Governo decidido decretar três dias de luto nacional.

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57