sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro livro do papa Francisco defende mensagem de misericórdia da Igreja

O papa Francisco defende no seu primeiro livro, que vai ser lançado hoje, que a "Igreja não está no mundo para condenar", mas para transmitir uma mensagem de misericórdia a uma "Humanidade que tem feridas profundas".

ETTORE FERRARI

"Não são apenas as doenças sociais e as pessoas feridas pela pobreza, pela exclusão social, pelas inúmeras escravidões do terceiro milénio. Também o relativismo fere muitas pessoas: tudo parece igual, tudo parece o mesmo", refere um excerto do livro "O nome de Deus é misericórdia".

Francisco explica que a Igreja "não está no mundo para condenar, mas para permitir o encontro com (...) a misericórdia de Deus", e defende que "para isso (...) é necessário sair das igrejas e das paróquias" e procurar as pessoas "onde vivem e sofrem".

"O nome de Deus é misericórdia" resulta de uma conversa com o vaticanista do jornal italiano La Stampa Andrea Tornielli sobre o tema e a mensagem católica da misericórdia, central no percurso de Jorge Bergoglio.

Editado em Portugal pela Planeta, o primeiro livro de Francisco inclui a bula de proclamação do jubileu extraordinário da misericórdia "Misericoriae Vultus", que explica a decisão do papa de proclamar este ano jubilar.

O livro vai estar disponível, em simultâneo, em 86 países e em seis línguas: italiano, inglês, francês, alemão, espanhol e português.

A cerimónia de lançamento vai decorrer no Instituto Augustiniani, no Vaticano.

Este é o primeiro livro publicado por Jorge Bergoglio desde que foi eleito em março de 2013. Em junho, a encíclica "Laudato Si", também traduzida em várias línguas, foi um êxito mundial de vendas.

Lusa

  • Governo prepara projeto para suavizar transição para a reforma
    1:38

    Economia

    O Governo quer suavizar a transição do trabalho para a reforma. A ideia é que essa passagem seja feita gradualmente e não de uma dia para o outro, o que pode ser mais traumático. O projecto prevê a possilidade do trabalhador cumprir meio horário e acumular com meia pensão.

  • Primeiro discurso de Costa na ONU alinhado com o de Guterres

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, proferirá hoje o seu primeiro discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, devendo estar muito alinhado com a agenda política apresentada na terça-feira pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, valorizando o multilateralismo.

  • Pelo menos 2 mortos em Guadalupe à passagem do furacão Maria

    Mundo

    A passagem na terça-feira do furacão Maria pelo arquipélago francês de Guadalupe, nas Caraíbas, provocou a morte de duas pessoas, indicou o governo. Em declarações à Rádio RCI, Eric Maire, delegado do governo, disse que um homem morreu devido à queda de uma árvore, e que outra pessoa foi encontrada morta junto ao mar.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.