sicnot

Perfil

Mundo

Avalancha nos Alpes atinge 11 pessoas, dois mortos confirmados

Uma avalanche nos Alpes franceses que atingiu um grupo de alunos e o respetivo professor fez esta quarta-feira pelo menos dois mortos, três feridos graves e cinco desaparecidos, segundo um balanço provisório das autoridades locais.

Arquivo

Arquivo

As duas vítimas mortais são um adolescente de 14 anos e um cidadão ucraniano que não pertencia ao grupo mas que foi também apanhado pela avalanche.

Inicialmente, as autoridades indicaram que um grupo de dez estudantes do colégio de ensino secundário Saint-Exupéry de Lyon, no sudeste do país, e o respetivo professor tinham sido atingidos por uma avalanche, hoje ao fim da tarde, na estância de Deux-Alpes, em Isère, mas as equipas de busca e salvamento procuravam também outras eventuais vítimas.

Quando foram encontrados, quatro dos alunos estavam em paragem cardiorrespiratória e o professor estava inconsciente, precisou a polícia, confirmando informações da imprensa local. Os feridos em paragem cardiorrespiratória foram de imediato transportados para o hospital de Grenoble.

Cinco elementos do grupo escolar são ainda procurados e não se sabe por enquanto se ficaram soterrados ou não, referiu a mesma fonte.

Um dos alunos escapou ileso, segundo a polícia que mobilizou para as buscas no local 30 socorristas do pelotão de polícia de montanha, cães e três helicópteros, um dos quais equipado com uma câmara térmica.

Há vários dias que as condições para esqui e caminhadas estavam difíceis, devido a fortes nevões.

As câmaras de Isère, Sabóia e Alta-Sabóia tinham recomendado aos esquiadores que evitassem andar fora das pistas.

Em Deux-Alpes, o risco de avalanche era de nível três numa escala de cinco.

A pista em que o grupo se encontrava estava classificada como negra, ou seja, com um grau de dificuldade elevado, reservado a esquiadores experimentados, e estava fechada ao público.

Desde o início deste ano, tinham já morrido quatro pessoas em avalanches nos Alpes Franceses: dois alpinistas lituanos, a 03 de janeiro, em Alta-Sabóia, e um esquiador espanhol e outro checo, a 5 de janeiro, em Sabóia.

Com Lusa

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.