sicnot

Perfil

Mundo

Cadeia televisiva Al-Jazeera America deixa de emitir a partir de 30 de abril

A Al-Jazeera América, a televisão por cabo lançada nos Estados Unidos em 2013 pela empresa mediática global com sede no Qatar, vai encerrar em 30 de abril, anunciou esta quarta-feira o grupo.

A cadeia televisiva começou a emitir em agosto de 2013, mas nunca conseguiu encontrar o seu público, apesar de importantes investimentos iniciais. A sua audiência nunca ultrapassou algumas dezenas de milhares de telespectadores nos Estados Unidos. (Arquivo)

A cadeia televisiva começou a emitir em agosto de 2013, mas nunca conseguiu encontrar o seu público, apesar de importantes investimentos iniciais. A sua audiência nunca ultrapassou algumas dezenas de milhares de telespectadores nos Estados Unidos. (Arquivo)

© Brendan McDermid / Reuters

Ao anunciar a decisão em comunicado, o diretor-geral, Al Anstey, evocou ainda a "paisagem económica" para explicar a medida.

"Esta decisão é motivada pelo facto de o nosso modelo económico já não ser viável à luz dos desafios económicos que conhece o mercado americano dos media", referiu por seu turno o diretor-geral do grupo, Mostefa Soouag.

Numa informação interna, Souag assinala ainda que o encerramento da sucursal da estação nos EUA, será acompanhado por uma expansão dos serviços digitais da Al-Jazeera "para alargar a nossa presença de multiplataformas nos Estados Unidos".

A cadeia televisiva começou a emitir em agosto de 2013, mas nunca conseguiu encontrar o seu público, apesar de importantes investimentos iniciais. A sua audiência nunca ultrapassou algumas dezenas de milhares de telespectadores nos Estados Unidos.

A Al-Jazeera garantiu o seu canal de cabo nos EUA através da Current TV, um grupo que incluía o antigo vice-presidente democrata Al Gore, e que abrangia 40 milhões de casas.

O novo canal contratou jornalistas de topo vindos da CNN, BBC e outras redes, e começou com 14 horas de programas noticiosas. A sua sede situa-se em Manhattan, Nova Iorque, e possuiu cerca de 12 delegações nos Estados Unidos.

No início recebeu cerca de 21.000 candidaturas, para 400 postos de trabalho.

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.