sicnot

Perfil

Mundo

Moscovo confirma detenção de três russos na Turquia após atentado suicida em Istambul

A Rússia confirmou hoje a detenção na Turquia de três cidadãos russos por alegado envolvimento com o grupo jihadista Estado Islâmico, um dia após o atentado suicida em Istambul que causou a morte a dez turistas.

reuters

"Confirmamos a detenção de três cidadãos da Federação da Rússia. As causas da sua detenção ainda estão a ser apuradas", disse à agência oficial russa RIA Novosti o cônsul-geral da Rússia na Anatólia, Alexandr Tolstopiátenko.

Segundo a agência turca Dogan, os três russos foram detidos na Anatólia, na costa mediterrânica da Turquia, por suspeita de terem cooperado com o autoproclamado Estado Islâmico (EI) no atentado suicida de terça-feira em Istambul, que causou a morte a 10 turistas e mais de 14 feridos.

Os três russos fazem parte de um total de 65 pessoas que foram detidas e acusadas de estarem relacionadas com o grupo extremista islâmico.

Segundo a agência Dogan, entre os suspeitos figuram três russos, na Anatólia, e 15 sírios e um cidadão turco, na capital turca, Ancara.

As forças de segurança apreenderam documentos nos lugares onde decorreram as detenções.

As relações entre Moscovo e Ancara estão a passar por um dos piores momentos das últimas décadas, depois de dois caças turcos terem derrubado um bombardeiro russo, que, segundo a Turquia, teria invadido o seu espaço aéreo.

A Turquia anunciou a 24 de novembro que dois dos seus caça-bombardeiros F-16 abateram um SU-24 russo que violou o espaço aéreo turco junto à fronteira com a Síria.

A Rússia negou qualquer violação do espaço aéreo turco, acusando a Turquia de proteger o grupo extremista Estado Islâmico e exigindo um pedido de desculpas formal por parte de Ancara.

  • Explosão em Istambul provocada por bombista sírio, afirma Erdogan
    2:14

    Mundo

    O Presidente turco afirma que a explosão desta manhã em Istambul terá sido provocada por um bombista suicida de origem síria. Erdogan diz que a Turquia é o primeiro alvo de todos os grupos terroristas da região e promete intensificar a luta contra todos. A explosão provocou 10 mortos e 15 feridos, entre os quais 8 estrangeiros. O primeiro-ministro turco convocou uma reunião de emergência do gabinete de crise em Ancara.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.