sicnot

Perfil

Mundo

Antiga mansão de Pablo Escobar será demolida pelo atual dono para busca de dinheiro

Uma mansão de Miami Beach, no estado norte-americano da Florida, em tempos propriedade de um barão da droga colombiano Pablo Escobar, está em vias de demolição pelo seu atual dono que busca ouro ou dinheiro escondido.

Pablo Escobar e a mulher Victoria Henao, em 1983.

Pablo Escobar e a mulher Victoria Henao, em 1983.

© Reuters Photographer / Reuter

Christian de Berdouare adquiriu a propriedade em 2014 por 10 milhões de dólares e indicou que os trabalhos de demolição, iniciados na segunda-feira, podem levar entre duas a três semanas.

"Montámos uma equipa e temos todo o tipo de gente (...) com detetores de metais, sonares, todo o tipo de coisas a fim de determinar se há alguma coisa escondida", afirmou De Berdouare, fundador e CEO da cadeia de restauração Chicken Kitchen.

Pablo Escobar, outrora um dos homens mais ricos do mundo, liderava o cartel de droga de Medellin, que era responsável pela maioria da cocaína importada para os Estados Unidos nos anos 1980 e no início dos 1990, morreu durante um tiroteio com as autoridades colombianas, aos 44 anos, em 1993.

De Berdouare afirmou à agência AFP acreditar serem francamente boas as possibilidades de encontrar um tesouro nas paredes ou nos soalhos da mansão, porque o antigo barão da droga tinha por hábito esconder dinheiro em todas as suas casas.

"Pode ser dinheiro, pode ser ouro, podem ser joias, ou cadáveres -- pode ser qualquer coisa", acrescentou De Berdouare, indicando que planeia construir uma mansão ainda maior no local depois de mandar abaixo a propriedade que pertenceu a Escobar.

Lusa

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas