sicnot

Perfil

Mundo

Antiga mansão de Pablo Escobar será demolida pelo atual dono para busca de dinheiro

Uma mansão de Miami Beach, no estado norte-americano da Florida, em tempos propriedade de um barão da droga colombiano Pablo Escobar, está em vias de demolição pelo seu atual dono que busca ouro ou dinheiro escondido.

Pablo Escobar e a mulher Victoria Henao, em 1983.

Pablo Escobar e a mulher Victoria Henao, em 1983.

© Reuters Photographer / Reuter

Christian de Berdouare adquiriu a propriedade em 2014 por 10 milhões de dólares e indicou que os trabalhos de demolição, iniciados na segunda-feira, podem levar entre duas a três semanas.

"Montámos uma equipa e temos todo o tipo de gente (...) com detetores de metais, sonares, todo o tipo de coisas a fim de determinar se há alguma coisa escondida", afirmou De Berdouare, fundador e CEO da cadeia de restauração Chicken Kitchen.

Pablo Escobar, outrora um dos homens mais ricos do mundo, liderava o cartel de droga de Medellin, que era responsável pela maioria da cocaína importada para os Estados Unidos nos anos 1980 e no início dos 1990, morreu durante um tiroteio com as autoridades colombianas, aos 44 anos, em 1993.

De Berdouare afirmou à agência AFP acreditar serem francamente boas as possibilidades de encontrar um tesouro nas paredes ou nos soalhos da mansão, porque o antigo barão da droga tinha por hábito esconder dinheiro em todas as suas casas.

"Pode ser dinheiro, pode ser ouro, podem ser joias, ou cadáveres -- pode ser qualquer coisa", acrescentou De Berdouare, indicando que planeia construir uma mansão ainda maior no local depois de mandar abaixo a propriedade que pertenceu a Escobar.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.