sicnot

Perfil

Mundo

Associados de suicida do Bataclan condenados à revelia em França

A justiça francesa condenou hoje a cinco e três anos de prisão dois indivíduos ligados a Samy Amimour, um dos três terroristas suicidas que se fez explodir na sala de espetáculos parisiense Bataclan, em 13 de novembro.

© Gonzalo Fuentes / Reuters

Os dois foram julgados à revelia e, segundo o diário Le Parisien, nem sequer estiveram representados pelos seus advogados, que afirmaram não ter notícias dos seus clientes desde há mais de dois anos.

Um dos julgados, Charaffe al Mouadan, condenado a cinco anos por "associação de malfeitores com o objetivo de preparar atos terroristas", morreu na Síria em 24 de dezembro durante um bombardeamento da coligação liderada pelos EUA.

O outro, Samir Bouabout, que recebeu uma pena de três anos pela mesma acusação, julga-se que está em outro país.

Al Mouadan, Bouabout e Amimour foram detidos em outubro de 2012, sob suspeita de quererem sair de França para irem combater nas fileiras extremistas, mas foram colocados em liberdade sob controlo judicial e um ano depois partiram para a Síria.

Lusa

  • Depois do Fogo
    0:25

    Reportagem Especial

    Uma semana depois do incêndio de Pedrogão Grande são muitas as histórias de perda e de sobrevivência, mas também de solidariedade de pessoas anónimas, que não dormiram durante dias a fio, para apoiar na logística do difícil combate ao incêndio florestal mais mortífero de que há memória. Depois do Fogo, hoje no Jornal da Noite.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.