sicnot

Perfil

Mundo

Professor ferido em avalanche nos Alpes acusado de homicídio involuntário

O professor que levou um grupo de estudantes aos Alpes franceses, onde uma avalanche matou dois dos jovens e um turista, foi acusado de homicídio involuntário e admitiu responsabilidade, disse hoje o seu advogado.

Arquivo

Arquivo

O professor francês de 47 anos, que ficou gravemente ferido no acidente, foi acusado à beira da cama no hospital onde está a recuperar, na cidade de Grenoble, na presença de um procurador do Ministério Público, do juiz de instrução e do oficial de justiça do caso.

"Ele reconhece a sua responsabilidade, não está em negação. Ele não percebeu o perigo, porque muita gente usou a pista de esqui nos dois dias anteriores", disse o advogado do professor, Benedicte Tarayre, à agência de notícias France-Presse (AFP), acrescentando que o seu cliente ficou "chocado e revoltado" com o acidente.

Dois estudantes, uma rapariga de 16 anos e um rapaz de 14, de uma escola de Lyon, morreram numa avalanche na quarta-feira, que também provocou a morte a um homem de 56 anos, de nacionalidade ucraniana.

De acordo com os procuradores do Ministério Público, a pista de esqui estava fechada com rede e avisos em quatro línguas, mas o grupo trepou a rede "completamente ciente" da sua decisão.

A pista 'Bellecombes' na estação de esqui 'Les Deux Alpes' (Os Dois Alpes), no departamento francês do maciço alpino, está a uma altitude de cerca de 2.500 metros e é considerada uma 'pista preta', a mais difícil numa escala de quatro.

A pista tem estado fechada desde o início da época devido à falta de neve, mas fortes nevões nos últimos dias levaram as autoridades a alertar para o risco elevado de avalanches nos Alpes franceses.

No dia do acidente, o nível do risco na estância de esqui era de três numa escala de cinco, o que significa que um único esquiador podia provocar uma avalanche.

Lusa

  • Vítimas de avalancha nos Alpes franceses esquiavam em pista interditada
    1:42

    Mundo

    Três mortos e um ferido grave é o balanço de uma avalancha nos Alpes Franceses. As vítimas esquiavam numa pista negra, que estava fechada aos esquiadores devido aos nevões dos últimos dias. Nenhum desaparecido foi assinalado, mas as autoridades francesas mantiveram as buscas por mais algumas horas no local da tragédia, a 2400 metros de altitude, como explicou o autarca de Isère, Gilles Strappazzon.

  • Presidente do Tondela diz que clube foi humilhado
    1:26

    Desporto

    O presidente do Tondela participou esta segunda-feira na conferência de imprensa após o jogo da 23.ª jornada da I Liga com o Sporting. Gilberto Coimbra criticou o árbitro do encontro João Capela, e diz que o tempo de compensação dado a mais foi por uma falta que não foi assinalada sobre um jogador do Tondela, Bruno Monteiro.

  • Último golo do Sporting ao Tondela "é legal e limpinho" 
    0:41

    Desporto

    Jorge Jesus entende que a vitória desta segunda-feira do Sporting frente ao Tondela não merece contestação e destaca o facto de o árbitro ter avisado os jogadores que iria prolongar o tempo extra. Para o treinador dos leões, o golo no minuto 99' é legal. 

  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC