sicnot

Perfil

Mundo

Morre com 112 anos o homem mais velho do mundo, no Japão

O japonês Yasutaro Koide, reconhecido como o homem mais velho do mundo pelo Livro do Guiness, morreu hoje aos 112 anos na cidade japonesa de Nagoya, informou a estação pública NHK.

Morreu o homem mais velho do mundo, Yasutaro Koide, que tinha 112 anos

Morreu o homem mais velho do mundo, Yasutaro Koide, que tinha 112 anos

© KYODO Kyodo / Reuters


Koide nasceu a 13 de março de 1903 e foi nomeado no passado mês de agosto como o homem vivo mais velho do mundo depois da morte do também japonês Sakari Momoi, que o superava em idade por aproximadamente um mês.

Koide viveu a maior parte da sua vida em Nagoya, onde faleceu, depois de ter sido internado no início do ano num hospital, publicou a NHK.

Este japonês trabalhou durante a juventude como alfaiate numa loja de roupa de homem na localidade de Tsuruga, em Fukui (centro), e com 112 anos conseguia andar sozinho em casa e lia o jornal sem óculos, destacou o Guiness em agosto.

Segundo o livro de Recordes do Guiness, a pessoa mais velha do mundo é Susannah Mushatt Jones, de 116 anos, residente em Nova Iorque.

Lusa

  • Primeiras projeções dão vitória a Angela Merkel

    Mundo

    A CDU da chanceler Angela Merkel venceu as eleições legislativas deste domingo com 33,5% dos votos, seguida dos sociais-democratas do SPD e do partido Alternativa para a Alemanha, de extrema-direita, segundo uma sondagem divulgada pela televisão pública ZDF.

  • Maratona da democracia em Barcelona
    1:18

    Mundo

    Na Catalunha, milhares de pessoas alimentam o braço de ferro com Madrid. Em Barcelona decorre a maratona pela democracia, na Praça da Universidade. A iniciativa repete-se noutros 300 municípios da região.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.