sicnot

Perfil

Mundo

Macau e Hong Kong registam temperaturas mais baixas dos últimos 60 anos

Mais habituadas a um clima subtropical, as populações de Macau e Hong Kong vivem hoje as temperaturas mais baixas dos últimos 60 anos.

© Bobby Yip / Reuters

Em Macau, a temperatura baixou hoje até aos 1,6ºC na Taipa Grande, situando-se entre os 2,4ºC e 3,1ºC nos restantes pontos do território ao início da tarde (manhã em Lisboa).

Segundo os Serviços Meteorológicos e Geofísicos de Macau, o valor é o mais baixo em 67 anos, depois de em janeiro de 1949 terem sido registados 2,2ºC.

Para segunda-feira as previsões são de descida de temperatura em Macau, com a mínima a situar-se no 1ºC e a máxima nos 7ºC, indicou a mesma fonte.

Já em Hong Kong, o termómetro desceu hoje para 3,3ºC na cidade e nas colinas chegaram a ser registadas temperaturas negativas. A temperatura de hoje é referida como a mais baixa nos últimos 59 anos na antiga colónia britânica, segundo a imprensa local citada pela agência Efe.

Estas condições meteorológicas não são comparáveis às dos Estados Unidos, paralisados por uma tempestade de neve histórica, ou na China, afetada por uma vaga de frio glacial.

No entanto, não são habituais em Hong Kong e Macau, onde o clima é subtropical e o aquecimento central nas habitações é geralmente inexistente.

Em Hong Kong os serviços meteorológicos emitiram um alerta de "frio intenso". Já em Macau, o hospital público recebeu um caso de hipotermia nas últimas 24 horas, e mais de 20 pessoas recorreram nos últimos dias ao centro de abrigo aberto desde a descida da temperatura.

Lusa

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.