sicnot

Perfil

Mundo

Corpo de português morto no Burkina Faso trasladado para França

Os corpos de um português e outros três europeus mortos a 15 de janeiro num atentado no Burkina Faso chegaram hoje a França, noticiou a AFP, citando fontes aeroportuárias.

Atentado no Burkina Faso causou 29 vitimas mortais e 30 feridos

Atentado no Burkina Faso causou 29 vitimas mortais e 30 feridos

© Joe Penney / Reuters


Os corpos de dois franceses, um português residente em França e de um holandês chegaram pouco depois das 06:00 locais (05:00 em Lisboa) ao aeroporto parisiense Roissy-Charles de Gaule, num voo da companhia aérea Air France procedente da capital do Burkina Faso, Ouagadougou, segundo as fontes citadas pela agência AFP.

Fonte da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas disse à Lusa na última quinta-feira que o corpo do português seria trasladado para França esta semana e que o Governo não tinha, até então, indicação se seria enviado para Portugal.

O cidadão português tinha 51 anos e era emigrante em França, sendo casado com uma cidadã francesa e pai de quatro filhos.

O ataque de um comando 'jihadista', em Ouagadougou, contra um hotel e um restaurante, frequentados por estrangeiros, causou 29 vítimas mortais e 30 feridos.

No hotel onde se verificou o ataque estava um outro cidadão português, consultor da União Europeia, que saiu ileso, segundo fonte da secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, salientando que esta informação foi recolhida pelos serviços consulares de Portugal no Senegal.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.