sicnot

Perfil

Mundo

Agricultores gregos prosseguem protesto e recusam reunião com o Governo

Os agricultores gregos rejeitaram hoje reunir-se com o primeiro-ministro Alexis Tsipras para discutir a reforma fiscal e das pensões anunciada pelo Governo e exigiram a retirada prévia das medidas, que incluem o fim de diversas isenções fiscais.

© Alexandros Avramidis / Reuter

A decisão foi comunicada por um representante dos agricultores, que decidiram não aceitar a proposta de diálogo de Tsipras, que num discurso no domingo admitiu alterar alguns dos aspetos mais rígidos da reforma e suavizá-la para os mais jovens.

Os agricultores pedem o fim das disposições da lei que aumentam o seu imposto sobre o rendimento de 13% para 20% em 2016 e até 26% a partir de 2017.

O caderno reivindicativo também exige que o Executivo renuncie a acabar com um conjunto de isenções fiscais e que os restantes partidos no parlamento também se comprometam a rejeitar estas medidas.

Milhares de agricultores gregos estão a cumprir uma semana de protestos, com os seus tratores a bloquearem estradas e vias rápidas em todo o país.

O projeto de reforma das pensões, que ainda não mereceu a aprovação dos credores internacionais, vai ser discutido hoje no parlamento. O projeto do Governo prevê igualar as cotizações para a Segurança Social de agricultores e trabalhadores independentes às dos assalariados, até 26,95% do seu salário bruto.

O terceiro resgate assinado com o quarteto de credores internacionais (Comissão Europeia, Banco Central Europeu, Fundo Monetário Internacional e Mecanismo Europeu de Estabilidade) prevê que o Governo grego liderado pelo partido de esquerda Syriza se comprometa a economizar no sistema de pensões 1% do PIB anual, equivalente a 1.800 milhões de euros.

Lusa

  • Agricultores gregos em protesto contra novo sistema de pensões
    2:03

    Mundo

    Os agricultores gregos aumentam os protestos contra a nova reforma do sistema de pensões na Grécia. Depois do primeiro-ministro Alexis Tsipras ter vindo defender que é preciso alterar esta medida, acordada com os credores internacionais, os sindicatos fizeram saber que não vão parar a série de bloqueios de estradas pelo país.

  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28
  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57