sicnot

Perfil

Mundo

Preguiça salva pela polícia do Equador

Passou o fim de semana agarrada a um rail de proteção numa autoestrada do Equador. A polícia foi chamada e salvou o animal. A preguiça já regressou ao seu habitat natural.

Preguiça esteve dois dias agarrada a rail

Preguiça esteve dois dias agarrada a rail

Preguiça esteve dois dias agarrada a rail

Preguiça esteve dois dias agarrada a rail

Preguiça esteve dois dias agarrada a rail

Preguiça esteve dois dias agarrada a rail

Preguiça esteve dois dias agarrada a rail

Preguiça esteve dois dias agarrada a rail

A preguiça que esteve dois dias agarrada a um rail de uma autoestrada no Equador já regressou ao seu habitat natural

A preguiça que esteve dois dias agarrada a um rail de uma autoestrada no Equador já regressou ao seu habitat natural

Ao que parece, a preguiça queria atravessar a autoestrada de Quevedo em Los Ríos, uma província do Equador. O intenso movimento e o barulho provocado pelos automóveis fê-la desistir. Resultado: passou dois dias agarrada a um rail no meio da autoestrada.

A polícia foi chamada ao local e salvou o animal. Na página do Facebook da Comissão de Trânsito do Equador pode ler-se que a preguiça foi levada a um veterinário e já regressou ao seu habitat natural.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.