sicnot

Perfil

Mundo

Turquia regista o maior recuo em direitos humanos "em muitos anos"

A situação dos direitos humanos na Turquia registou em 2015 o maior recuo em décadas, considerou hoje a ONG Human Rights Watch (HRW) durante a apresentação em Istambul do seu relatório anual.

© Sertac Kayar / Reuters

"No ano passado [2015] assistimos à maior deterioração desde que estou aqui [2003]... possivelmente a maior deterioração em toda uma geração", assegurou a investigadora Emma Sinclair-Webb durante a apresentação do relatório.

A representante da ONG de direitos humanos sublinhou que as "políticas do medo" que o Governo aplica contra ativistas e jornalistas apenas refletem o receio das autoridades perante toda a crítica.

"O descalabro do processo de paz curdo, a repressão dos meios de comunicação e, finalmente, a erosão do sistema de justiça fazem prever tempos obscuros", vaticinou a investigadora.

Numa referência à questão curda, denunciou as "forças estatais que levaram o conflito com a guerrilha curda até ao centro das cidades, com a colaboração voluntária do PKK [numa referência à guerrilha do Partido dos Trabalhadores do Curdistão], o que aumenta as vítimas civis".

Sinclair-Webb recusou fornecer números sobre os mortos provocados pelo atual conflito, pelo facto de ser impossível um balanço fiável na "neblina da guerra".

No entanto, manifestou preocupação pela "negação de vítimas civis" por parte do Governo.

Os responsáveis militares, recordou, incluem apenas números de "terroristas neutralizados", mas nunca fazem referência a civis.

"Contactei esta manhã com Cizre [localidade do sudeste do país sob recolher obrigatório desde 16 de dezembro] e permanece o drama de 28 pessoas que permanecem num sótão; há vários mortos e outros que necessitam de urgentes cuidados médicos, que não recebem", denunciou.

Em paralelo, assinalou a investigadora, o Governo dominado pelos islamita-conservador Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP) do Presidente Recep Tayyip Erdogan, desencadeou uma ofensiva contra numerosos meios de comunicação críticos, com a detenção e prisão de vários jornalistas, incluindo Can Dündar e Erdem Gül, do diário Cumhuriyet, a interrupção de um direto da Bugün TV ou os ataques de "linchamento" ao diário Hürriyet.

A erosão do sistema judicial, que já não funciona de forma independente e permanece sob o controlo do Governo foi outro aspeto sublinhado pela responsável da HRW, que considerou o atual panorama na Turquia "muito obscuro".

Lusa

  • Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • 6 polícias feridos e 4 detidos em manifestação pela morte de português em Londres
    1:29

    Mundo

    A manifestação começou ainda durante a tarde deste domingo, na capital britânica e culminou em violência, com 6 polícias feridos, 4 pessoas detidas e a evacuação de uma das principais estações de transportes da zona leste da Londres. Os manifestantes acusam a polícia britânica de agressão na noite de 15 de junho, quando um português, de 25 anos, foi mandado parar pela polícia. O jovem acabou por morrer no hospital 5 dias depois.

  • Novo avião da TAP a lembrar o passado
    1:32
  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01

    País

    Um avião da TAP voltou a cruzar-se este domingo com um drone, enquanto se preparava para aterrar no aeroporto de Lisboa. A aproximação deu-se a 900 metros de altitude e passou muito perto da asa da aeronave. Este é o 10.º incidente com drones este ano e o 6.º este mês.

  • Bruno Fernandes já está em Lisboa
    4:53

    Mercado de transferências

    Bruno Fernandes já está em Lisboa a dar autógrafos com a camisola do Sporting. André Moreira, guarda-redes do Atlético Madrid, oficializado em breve no Benfica. Eis as últimas do mercado de transferências, por Gonçalo Azevedo Ferreira.

  • Os russos adoram Portugal
    2:48

    Taça das Confederações

    Os portugueses que foram à Rússia para a Taça das Confederações ficaram surpreendidos pela forma calorosa com que todos foram recebidos. Cristiano Ronaldo é o grande responsável por esta paixão pelo nosso país.

    Enviados SIC

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.