sicnot

Perfil

Mundo

Bombardeamento em Aleppo, na Síria, faz 12 mortos

Pelo menos 12 civis morreram, na noite de hoje, devido a bombardeamentos de aviões de guerra de origem desconhecida, em zonas controladas pelo grupo extremista Daesh na província de Aleppo, avança o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

© Abdalrhman Ismail / Reuters

Os ataques aéreos atingiram a cidade de Al Bab e a zona de Tadaf, a nordeste de Aleppo, ambas controladas pelos extremistas.

Aquela Organização Não-Governamental (ONG) não afasta a possibilidade de o número de mortos vir a aumentar, já que há dezenas de desaparecidos e feridos, incluindo oito em estado grave.

A mesma fonte indicou ainda que o número de mortos no bombardeamento russo de quarta-feira na província de Deir al Zur subiu para 27.

Estes ataques tiveram lugar nas localidades de Al Muhaimida, Al Jarita e Al Huseiniya, bem como na capital provincial, Deir al Zur.

Atualmente, a força aérea nacional e a da Rússia estão a bombardear alvos do Daesh e de outras organizações armadas na Síria.

Além disso, os aviões da coligação internacional contra o Daesh, liderada pelos Estados Unidos, também estão a efetuar ataques aéreos no país, contra as posições dos extremistas.

Lusa

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Graça Fonseca, a primeira governante a assumir-se homossexual
    1:02

    País

    A secretária de Estado da Modernização Administrativa deu uma entrevista ao Diário de Notícias onde assume a sua homossexualidade. É a primeira vez que um governante português o faz. Graça Fonseca assume esta posição pública como uma "afirmação política".

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.