sicnot

Perfil

Mundo

ONU "alarmada" com alegações de abusos cometidos por capacetes azuis

O alto comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra'ad Al-Hussein, declarou hoje que menores foram alegadamente abusados na República Centro-Africana por soldados estrangeiros, declarando-se "muito alarmado" com essas alegações.

Bangui, República Centro-Africana

Bangui, República Centro-Africana

© Reuters Staff / Reuters

Os supostos crimes, segundo um comunicado divulgado em Genebra, ocorreram principalmente em 2014, mas foram descobertos nas últimas semanas.

Uma equipa da ONU na República Centro-Africana entrevistou várias jovens que declararam terem sido abusadas sexualmente pelos soldados estrangeiros.

De acordo com quatro das jovens, com idades entre 14 e 16 anos no momento dos alegados abusos, os seus agressores pertenciam aos contingentes da força da União Europeia (Eurofor-RCA).

Três delas pensam que os seus agressores fazem parte do contingente georgiano da Eufor.

A equipa da ONU também entrevistou uma irmã e um irmão, com sete e nove anos, que teriam sido abusados em 2014 por membros das tropas francesas 'Sangaris'.

A rapariga disse que realizou atos sexuais com soldados franceses em troca de uma garrafa de água e um pacote de bolachas.

Afirmou que, tal como o seu irmão de nove anos, outras crianças tinham sido abusadas da mesma forma e também envolvendo vários soldados franceses.

Essas seis acusações, que implicam forças militares estrangeiras que não pertencem à ONU, tiveram lugar nos arredores e dentro do campo de deslocados internos de M'Poko, situado perto do aeroporto de Bangui.

No início de janeiro, a ONU anunciou já havia aberto uma investigação sobre novas acusações de abuso sexual contra soldados de três países que participam na Missão das Nações Unidas na República Centro-Africana (MINUSCA). As alegadas vítimas são quatro meninas.

As Nações Unidas estão envolvidas num grande escândalo de violações de crianças envolvendo soldados franceses que serviam sob comando francês na República Centro-Africana.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC