sicnot

Perfil

Mundo

Raul Castro visita França para nova etapa de relações com a Europa

O Presidente de Cuba, Raul Castro, inicia hoje uma visita de Estado de dois dias a França, que consagra uma nova etapa na normalização das relações da ilha com os países ocidentais.

© Henry Romero / Reuters

Esta viagem será a primeira de um chefe de Estado cubano a França desde a realizada pelo seu irmão Fidel Castro, em 1995, na reta final da Presidência de François Mitterrand.

A visita de Castro a França ocorre depois de o atual Presidente francês, François Hollande, ter estado em Cuba em maio de 2015, tendo sido o primeiro chefe de Estado ocidetal a pisar solo cubano desde 1959.

O líder cubano chegou a Paris no sábado, mas a sua agenda oficial inicia-se hoje, dia em que a ministra do Ambiente francesa, Ségolène Royal, o irá receber com todas as honras no Arco do Triunfo.

Castro e Hollande vão reunir-se às 16:00 (15:00 em Lisboa) no Eliseu, estando prevista, cerca de uma hora depois, a assinatura de uma dezena de acordos e uma declaração conjunta aos órgãos de comunicação social. Um "jantar de Estado" fechará a cimeira franco-cubana.

A visita de Castro prossegue na terça-feira com encontros com os presidentes da assembleia nacional e do Senado, com o primeiro-ministro, Manuel Valls, e com a presidente da câmara de Paris, Anne Hidalgo.

França, segundo o Eliseu, pretende-se afirmar como o "principal parceiro" político e económico europeu de Cuba.

Inúmeras empresas francesas têm investido em Cuba, mas com um volume de aproximadamente 180 milhões de euros anuais, as trocas comerciais continuam num nível muito baixo.

"Ainda não estão à altura das nossas ambições", reconheceu na sexta-feira o ministro do Comércio Externo francês, Matthias Fekl.

Lusa

  • EUA e Cuba reataram relações há precisamente um ano
    2:37

    Mundo

    Os Estados Unidos anunciaram esta quinta-feira o restabelecimento de ligações aéreas regulares com Cuba, até mais de uma centena de voos por dia. A decisão vem na sequência das negociações diplomáticas entre os dois países, depois do histórico reatar de relações, que ocorreu precisamente há um ano.

  • As vítimas do ataque de Londres

    Ataque em Londres

    O ataque desta quarta-feira ao Parlamento britânico em Londres fez quatro mortos, incluindo o atacante. Cerca de 40 pessoas de 11 países diferentes ficaram feridas, entre as quais 29 precisaram de ser levadas para o hospital, onde sete continuam em estado crítico.

    Ana Rute Carvalho

  • Inclusão social em Évora
    2:08

    País

    Mais de 40 empresas do distrito de Évora abriram as portas durante um dia a pessoas portadoras de deficiência. É ideia foi sublinhar a importância da  inclusão no mercado de trabalho.