sicnot

Perfil

Mundo

Polícia holandesa treina águias para intercetar drones

A polícia holandesa está a treinar águias para intercetar drones ou aviões não tripulados que possam gerar incidentes de segurança ou serem usados por criminosos e terroristas.

ap

Esta iniciativa está a ser desenvolvida em colaboração com a agência antiterrorista e os Ministérios da Justiça e Defesa do país.

A polícia referiu num comunicado que no futuro esses aparelhos serão utilizados cada vez mais, aumentando também o número de incidentes.

Os drones também podem ser usados para fins criminosos, de acordo com a polícia holandesa.

A iniciativa, qualificada pela polícia como "pioneira no mundo", pretende preparar as aves para que possam abater os drones, sem que haja qualquer impacto ambiental.

Esta iniciativa ainda está em período de testes, mas, segundo o porta-voz do projeto, Marc Wiebes, há "possibilidades muito reais" de que se acabe por utilizar águias para intercetar drones de criminosos.

"Qualquer pessoa pode ter um drone e isto inclui pessoas que queiram dar-lhe um mau uso", declarou o porta-voz da polícia, Michel Baeten.

As águias identificam os drones como uma presa, agarram-nos e colocam-nos num lugar onde não haja outras aves ou seres humanos, declarou a polícia holandesa no comunicado.

Além dos pássaros, as forças de segurança da Holanda trabalham no uso de sistemas eletrónicos avançados para poderem tomar o controlo de um 'drone' remotamente e na programação de um avião não tripulado capaz de abater um aparelho inimigo, de acordo com a nota.

Lusa

  • 2,1%. As reações ao défice de 2016

    Economia

    O défice orçamental ficou mesmo nos 2,1% do PIB. Os partidos já reagiram àquele que é o valor mais baixo em democracia.

  • Comboios Alfa vão ter bancos com tomadas elétricas e wi-fi
    2:06
  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Nus e acorrentados em frente a Auschwitz

    Mundo

    Catorze pessoas com idades entre os 20 e os 27 anos despiram-se e acorrentaram-se em frente ao portão de Auschwitz, antigo campo de concetração nazi na Polónia, depois de terem degolado um carneiro. Ninguém sabe ainda porquê.

  • A coleção de gerigonças de Ana Catarina Mendes
    1:51
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33
  • Viaduto de Alcântara condicionado
    1:36

    País

    O viaduto de Alcântara, em Lisboa, continua com o trânsito condicionado mas apenas sobre o tabuleiro e no sentido Alcântara Terra - Alcântara Mar. A circulação só será reposta depois de uma nova vistoria, ainda sem data marcada.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07