sicnot

Perfil

Mundo

Suástica pintada na estrela de Donald Trump no Passeio da Fama

A estrela no Passeio da Fama de Hollywood do aspirante à candidatura republicana à Presidência dos EUA Donald Trump foi vandalizada na sexta-feira, com uma suástica negra feita com grafiti, informaram os meios de comunicação locais.

Durante a sua campanha, Trump reiterou a sua proposta de proibir "temporariamente" a entrada nos Estados Unidos de todos os muçulmanos e prometeu que, se chegar à Casa Branca, vai deportar os 11 milhões de imigrantes indocumentados que há no país.

Durante a sua campanha, Trump reiterou a sua proposta de proibir "temporariamente" a entrada nos Estados Unidos de todos os muçulmanos e prometeu que, se chegar à Casa Branca, vai deportar os 11 milhões de imigrantes indocumentados que há no país.

© Jim Bourg / Reuters

A imagem foi já apagada pela Câmara do Comércio de Hollywood, a organização responsável pela manutenção do Passeio da Fama de Hollywood (Los Angeles, Califórnia).

"O Passeio da Fama de Hollywood é uma instituição que celebra os contributos positivos dos seus homenageados", referiu em comunicado, emitido esta segunda-feira, Leron Gubler, que preside à entidade.

"Quando as pessoas estão descontentes com um deles, gostaríamos que projetassem a sua ira de outras formas em vez de maltratar uma zona emblemática da Califórnia", realçou.

Durante a sua campanha, Trump reiterou a sua proposta de proibir "temporariamente" a entrada nos Estados Unidos de todos os muçulmanos e prometeu que, se chegar à Casa Branca, vai deportar os 11 milhões de imigrantes indocumentados que há no país.

Lusa

  • Obama acusa Trump de prejudicar o papel dos EUA no mundo
    0:42

    Mundo

    Barack Obama acusou Donald Trump de estar a prejudicar o papel dos EUA no mundo. O presidente norte-americano diz que o país não conseguirá reforçar a liderança mundial enquanto os políticos americanos continuarem a insultar a comunidade muçulmana.

  • Donald Trump falha último debate por incompatibilidades com a moderadora
    1:56

    Mundo

    No último debate antes das primárias Republicanas, Donald Trump não apareceu porque não gosta da moderadora. O candidato que lidera a sondagens obrigou as televisões a dividirem-se entre eventos por ter divergências com a moderadora da estação televisiva. Trump incompatibilizou-se com a moderadora da FOX num anterior debate depois de confrontado com piadas sexistas.

  • Hillary vence Bernie à tangente, Ted Cruz bate Trump

    Mundo

    Do lado Democrata, depois de uma luta renhida, que chegou a ser considerada um empate, os últimos valores dão a vitória a Hillary Clinton face a Bernie Sanders por apenas 3 décimas de diferença com 49.9%. Do lado dos Republicanos, Ted Cruz venceu com cerca de 28% dos votos e ultrapassou assim Donald Trump que teve 24% e Marco Rubio com 23%.

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.