sicnot

Perfil

Mundo

Ameaça de bomba no aeroporto de Madrid foi falso alarme

O Ministério do Interior espanhol confirmou que a ameaça de bomba no interior de um avião da companhia Saudi Airlines, que obrigou esta quinta-feira a decretar um "alerta geral" no aeroporto internacional de Madrid-Barajas, foi um falso alarme.

O alerta foi acionado quando foi encontrado um papel com uma mensagem escrita na sala de oração no interior do aparelho da Saudi Airlines.

O alerta foi acionado quando foi encontrado um papel com uma mensagem escrita na sala de oração no interior do aparelho da Saudi Airlines.

© Andrea Comas / Reuters

O alerta foi acionado quando foi encontrado um papel com uma mensagem escrita na sala de oração no interior do aparelho da Saudi Airlines, segundo fontes da investigação, citadas pela agência noticiosa espanhola EFE.

O voo com destino a Riade estava previsto descolar às 10:30 hora local e no papel encontrado podia ler-se a frase "11:30 bomba".

Fontes da Guarda Civil espanhola precisaram que o comandante da companhia aérea saudita avisou os serviços de emergência do aeroporto, tendo sido ativado o protocolo habitual para este tipo de incidentes.

Os passageiros foram retirados do local e o avião foi conduzido para uma pista remota do terminal, onde os especialistas da Guarda Civil inspecionaram o aparelho.

Após os trabalhos de inspeção, os agentes não encontraram nenhum objeto suspeito no interior do aparelho, indicaram as mesmas fontes, que acrescentaram que a investigação vai prosseguir para esclarecer a identidade do autor da nota escrita com a ameaça de bomba.

Toda a bagagem de mão foi revistada, bem como recolhidas as impressões digitais da tripulação e de todos os passageiros.

A ministra do Fomento espanhola, Ana Pastor, assegurou entretanto que o funcionamento do aeroporto internacional Adolfo Suárez Madrid-Barajas recuperou a "normalidade" depois da desativação do alerta, que inicialmente teve um caráter geral e que posteriormente foi apenas circunscrito ao local.

No voo SVA226 da Saudi Airlines viajavam 97 passageiros e 15 elementos da tripulação.

Lusa

  • Papa aprova canonização dos pastorinhos

    País

    O Papa Francisco promulgou esta manhã o decreto que reconhece o milagre atribuído aos beatos Francisco e Jacinta, conhecidos como os pastorinhos de Fátima, o que permite a canonização, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.