sicnot

Perfil

Mundo

Encontro histórico entre o Papa e o líder da igreja ortodoxa russa em Cuba

O Vaticano anunciou hoje um encontro histórico entre o chefe da Igreja Católica e o patriarca ortodoxo russo a 12 de fevereiro em Cuba. É o primeiro encontro dos dois principais líderes dos cristão do Oriente e do Ocidente, separados desde o cisma de 1054.

Patriarca de Moscovo e de toda a Rússia numa cerimónia com a presença do primeiro-ministro Medvedev.

Patriarca de Moscovo e de toda a Rússia numa cerimónia com a presença do primeiro-ministro Medvedev.

© RIA Novosti / Reuters

"A Santa Sé e o Patriarcado de Moscovo têm a alegria de anunciar que, pela graça de Deus, Sua Santidade o Papa Francisco e Sua Santidade o Patriarca Kirill de Moscovo e de toda a Rússia vão encontrar-se a 12 de fevereiro próximo", anuncia um comunicado conjunto.

O Papa Francisco e o patriarca russo Kirill vão encontrar-se no aeroporto de Havana, numa escala que Francisco fará a caminho do México - onde a Igreja Católica conta com 1,2 mil milhões de fiéis - e da viagem de Kirril pela América latina, que conta com 130 milhões de católicos ortodoxos.

O tema central do encontro será a perseguição dos cristãos pelo mundo, numa altura em no Médio Oriente, no norte e no centro de África há várias regiões onde fundamentalistas islâmicos estão a atacar populações cristãs.

  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32