sicnot

Perfil

Mundo

França e Alemanha pressionam UE para combater financiamento a terroristas

A França e a Alemanha pressionaram hoje a União Europeia a acelerar os planos de combate ao financiamento de grupos terroristas.

Miguel Sapin e Wolfgang Schaeuble numa conferência de imprensa.

Miguel Sapin e Wolfgang Schaeuble numa conferência de imprensa.

© Charles Platiau / Reuters

Paris (onde no ano passado ocorreram dois grandes ataques terroristas) e Berlim querem que os planos sejam aplicados até junho, de acordo com uma fonte, citada pela agência France Presse, presente nas conversações entre os dois governos que decorrem na capital francesa.

"Temos que acelerar o processo", disse o ministro das Finanças francês, Michel Sapin, na conferência de imprensa com o seu homólogo alemão, Wolfgang Schaeuble.

O apelo surgiu uma semana depois de a Comissão Europeia ter revelado planos para asfixiar o financiamento de grupos terroristas, com a França a pressionar o assunto depois dos ataques de janeiro e novembro do ano passado.

O conjunto de medidas incluem a intensificação de esforços para detetar movimentos internacionais de dinheiro suspeitos, bem como tentar perceber melhor como os grupos terroristas usam dinheiro virtual, como o 'Bitcoin'.

Michel Sapin chamou aos planos "boas propostas", mas sublinhou: "Agora temos apenas uma preocupação, que estes planos sejam adotados de maneira extremamente rápida ao nível europeu, para que possam ser aplicados o mais brevemente possível em cada um dos nossos países".

Os planos, que têm que ser aprovados pelo Parlamento Europeu, são baseados maioritariamente em propostas francesas. Os ministros das Finanças da União Europeia deverão reunir-se na sexta-feira em Bruxelas.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38