sicnot

Perfil

Mundo

Cavalos distinguem diferentes emoções em humanos

Os cavalos são conhecidos pela sua estreita relação com os humanos e pelos bons resultados em diversas terapias. Um novo estudo veio agora comprovar que estes animais identificam emoções dos humanos, sendo capazes de distinguir nas expressões faciais, emoções positivas e negativas.

A reação a uma expressão facial de raiva é particularmente clara - um aumento rápido do batimento cardíaco e um movimento da cabeça, de modo a ver apenas com o olho esquerdo.

A reação a uma expressão facial de raiva é particularmente clara - um aumento rápido do batimento cardíaco e um movimento da cabeça, de modo a ver apenas com o olho esquerdo.

https://youtu.be/db-afYwn-50

Uma equipa de psicólogos da Universidade de Sussex, no Reino Unido, elaborou no ano passado um dicionário de expressões faciais que podem ser identificadas por cavalos. Uma compilação que pretendeu demonstrar a capacidade dos equinos em ler o rosto dos humanos.

Este estudo concluiu que a reação dos cavalos acontece não apenas quando os animais estão na presença de pessoas, mas também quando lhes são mostradas fotografias com diferentes expressões de humanos.

Os investigadores referem, na publicação Biology Letters, que foram mostradas a 28 cavalos de diferentes estábulos de Sussex e Surrey várias fotografias de humanos, numas eram exibidos expressões positivas, noutras negativas. Sorrisos sinceros de felicidade alternavam com dentes cerrados e semblantes carregados. Estas fotos foram mostradas aos animais por voluntários que não conheciam o conteúdo das imagens.

O que se concluiu foi que os cavalos conseguiam identificar as diferenças. Perante um rosto zangado, a reação dos animais é clara, mostram-se incomodados, viram a cabeça e o ritmo do seu batimento cardíaco aumenta.

"O que é particularmente interessante, e que é agora demonstrado nesta investigação, é que os cavalos são capazes de ler emoções, mesmo indiretamente. Já se sabia que os cavalos são animais socialmente sofisticados, mas esta é a primeira vez que se comprova que eles distinguem entre expressões faciais positivas e negativas", refere ao jornal britânico The Guardian Amy Smith, da Universidade de Sussex.

"A reação a uma expressão facial de raiva é particularmente clara - um aumento rápido do batimento cardíaco, e um movimento da cabeça, de modo a que seja apenas o olho esquerdo a ver a imagem", adianta Amy Smith ao The Guardian.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC