sicnot

Perfil

Mundo

Tropas dos EUA no Afeganistão vão ampliar ações contra grupo Estado Islâmico

O responsável máximo da missão da NATO e das forças norte-americanas no Afeganistão, general John F. Campbell, afirmou hoje que nas últimas semanas recebeu autorização para ampliar a ação contra o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no país.

© Mike Segar / Reuters

"Há duas ou três semanas, tive autorização adicional para lançar ataques contra o EI, temos pressionado muito e continuaremos o trabalho com os nossos parceiros afegãos para avançar na luta contra o EI", declarou Campbell numa conferência de imprensa em Cabul.

Segundo uma estimativa da NATO, o EI terá 3.000 guerrilheiros na província afegã de Nangarhar (oeste), onde tenta instalar um centro de operações.

O responsável norte-americano disse que as forças internacionais e afegãs vão impedir que isso aconteça e assegurou que o treino de tropas afegãs vai continuar para potenciar a sua capacidade de luta contra o EI.

Segundo o general, o grupo estará no Afeganistão desde janeiro de 2015 e não terá capacidade para lançar ataques contra os Estados Unidos ou países europeus.

Os Estados mantêm 9.800 soldados no Afeganistão e metade vai permanecer em território afegão após o fim do mandato do presidente Barack Obama, em janeiro de 2017.

Lusa

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.