sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro-ministro da Turquia acusa Rússia de agir como "organização terrorista"

O primeiro-ministro da Turquia, Ahmet Davutoglu, acusou hoje a Rússia de agir na Síria como uma "organização terrorista" e ameaçou retaliar de forma "extremamente determinada".

reuters

"Se a Rússia continuar a comportar-se como uma organização terrorista forçando a população civil a fugir, vamos responder de uma forma extremamente determinada", disse Davutoglu numa conferência de imprensa em Kiev.

A Rússia apoia o presidente sírio, Bashar al-Assad, e lançou em setembro uma intensa campanha de bombardeamentos contra o que alega serem alvos "terroristas". A Turquia é partidária do afastamento de Assad e, como outros países, acusa Moscovo de bombardear sobretudo a oposição moderada ao regime sírio.

A campanha aérea russa centrou-se nos últimos dias no apoio à ofensiva das forças de Assad contra a cidade de Alepo (norte), provocando um êxodo importante de refugiados para a fronteira com a Turquia.

Por outro lado, a Turquia lançou vários ataques contra posições dos curdos sírios que considera pretenderem ocupar o território entre Alepo e a fronteira turca.

Em declarações aos jornalistas no avião que o levou para a Ucrânia, Davutoglu insistiu que Ancara não permitirá que as milícias curdas se tornem dominantes na zona nordeste da Síria e, classificando-as como "óbvio instrumento da Rússia" e "peões da política de expansão" russa, acusou Moscovo de as utilizar para "pressionar a Turquia".

  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.