sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro-ministro da Turquia acusa Rússia de agir como "organização terrorista"

O primeiro-ministro da Turquia, Ahmet Davutoglu, acusou hoje a Rússia de agir na Síria como uma "organização terrorista" e ameaçou retaliar de forma "extremamente determinada".

reuters

"Se a Rússia continuar a comportar-se como uma organização terrorista forçando a população civil a fugir, vamos responder de uma forma extremamente determinada", disse Davutoglu numa conferência de imprensa em Kiev.

A Rússia apoia o presidente sírio, Bashar al-Assad, e lançou em setembro uma intensa campanha de bombardeamentos contra o que alega serem alvos "terroristas". A Turquia é partidária do afastamento de Assad e, como outros países, acusa Moscovo de bombardear sobretudo a oposição moderada ao regime sírio.

A campanha aérea russa centrou-se nos últimos dias no apoio à ofensiva das forças de Assad contra a cidade de Alepo (norte), provocando um êxodo importante de refugiados para a fronteira com a Turquia.

Por outro lado, a Turquia lançou vários ataques contra posições dos curdos sírios que considera pretenderem ocupar o território entre Alepo e a fronteira turca.

Em declarações aos jornalistas no avião que o levou para a Ucrânia, Davutoglu insistiu que Ancara não permitirá que as milícias curdas se tornem dominantes na zona nordeste da Síria e, classificando-as como "óbvio instrumento da Rússia" e "peões da política de expansão" russa, acusou Moscovo de as utilizar para "pressionar a Turquia".

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.