sicnot

Perfil

Mundo

Cameron e Hollande satisfeitos com esboço de acordo para evitar Brexit

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, e o Presidente francês, François Hollande, concordaram que o esboço das propostas de reforma da integração do Reino Unido na União Europeia (UE) dá "uma base firme" para um acordo esta semana.

© Philippe Wojazer / Reuters

A informação foi adiantada por um porta-voz de Cameron.

"Eles concordaram que se estão a fazer bons progressos na renegociação da posição do Reino Unido e que o esboço do texto do Conselho Europeu fornece uma base firme para alcançar um acordo na cimeira desta semana", avançou o porta-voz.

As negociações para a manutenção do Reino Unido na EU intensificaram-se durante o dia de segunda-feira e incluíram uma visita surpresa de Cameron a Paris e um alerta do presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, para o "risco de desmembramento" da UE.

No domingo, o chefe da diplomacia britânica, Philip Hammond, assegurou que as negociações vão continuar até ao último minuto, uma vez que algumas decisões "só podem ser tomadas pelos chefes de Estado e governo junto na mesma sala".

Na noite de segunda-feira, o primeiro-ministro francês, Manuel Valls, renovou os seus alertas contra o risco de uma "deslocação irreversível" da UE, que, considerou, seria o resultado de uma saída do Reino Unido do bloco europeu, possibilidade que no jargão comunitário se designa por 'Brexit'.

Em 02 de fevereiro, Tusk apresentou um pré-acordo para responder às reivindicações britânicas e evitar o 'Brexit', mas, das migrações à economia, passando pela economia, os temas delicados são numerosos.

Lusa

  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),

  • "A maioria das pessoas que criticou André Ventura nunca viveu esses problemas"
    3:43

    Opinião

    A polémica em torno das declarações do candidato do PSD à Câmara de Loures, André Ventura, sobre o modo de vida da etnia cigana no concelho, esteve em análise no Jornal da Noite desta segunda-feira. Miguel Sousa Tavares defende que "os problemas existem mas não podem ser generalizados". O comentador SIC considera, ainda assim, que André Ventura tem razão quando diz que "a maioria das pessoas que o criticou nunca viveu esses problemas".

    Miguel Sousa Tavares