sicnot

Perfil

Mundo

Cameron e Hollande satisfeitos com esboço de acordo para evitar Brexit

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, e o Presidente francês, François Hollande, concordaram que o esboço das propostas de reforma da integração do Reino Unido na União Europeia (UE) dá "uma base firme" para um acordo esta semana.

© Philippe Wojazer / Reuters

A informação foi adiantada por um porta-voz de Cameron.

"Eles concordaram que se estão a fazer bons progressos na renegociação da posição do Reino Unido e que o esboço do texto do Conselho Europeu fornece uma base firme para alcançar um acordo na cimeira desta semana", avançou o porta-voz.

As negociações para a manutenção do Reino Unido na EU intensificaram-se durante o dia de segunda-feira e incluíram uma visita surpresa de Cameron a Paris e um alerta do presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, para o "risco de desmembramento" da UE.

No domingo, o chefe da diplomacia britânica, Philip Hammond, assegurou que as negociações vão continuar até ao último minuto, uma vez que algumas decisões "só podem ser tomadas pelos chefes de Estado e governo junto na mesma sala".

Na noite de segunda-feira, o primeiro-ministro francês, Manuel Valls, renovou os seus alertas contra o risco de uma "deslocação irreversível" da UE, que, considerou, seria o resultado de uma saída do Reino Unido do bloco europeu, possibilidade que no jargão comunitário se designa por 'Brexit'.

Em 02 de fevereiro, Tusk apresentou um pré-acordo para responder às reivindicações britânicas e evitar o 'Brexit', mas, das migrações à economia, passando pela economia, os temas delicados são numerosos.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.