sicnot

Perfil

Mundo

Nicolas Sarkozy acusado de financiamento ilegal da sua campanha eleitoral

O antigo chefe de Estado francês Nicolas Sarkozy foi acusado de financiamento ilegal da sua campanha eleitoral para as presidenciais de 2012, anunciou hoje, em comunicado, o procurador da República de Paris.

Antigo presidente francês, Nicolas Sarkozy.

Antigo presidente francês, Nicolas Sarkozy.

© Stephane Mahe / Reuters

Nicolas Sarkozy foi ouvido hoje durante todo o dia pelo juiz de instrução, por irregularidades no financiamento da sua campanha eleitoral.

O antigo Presidente foi acusado no âmbito do caso "Bygmalion", que deve o seu nome a uma empresa de comunicação que emitiu falsas faturas de 18,5 milhões de euros para que a União por um Movimento Popular (UMP), principal força de direita, assumisse gastos que na verdade correspondiam à campanha eleitoral.

O esquema teria como objetivo evitar ultrapassar o máximo legal das despesas das campanhas, fixado em 16,8 milhões de euros para as candidaturas da primeira volta e 21,5 milhões para as da segunda.

Sarkozy perdeu essas eleições para o socialista François Hollande, atual Presidente da França.

Lusa

  • Turistas chegam a esperar 2 horas no controlo de passaporte do Aeroporto de Lisboa
    2:35

    País

    Chegar ao Aeroporto de Lisboa pode ser uma dor de cabeça para centenas de passageiros. A espera para o controlo de passaporte chegou a ultrapassar as duas horas nos meses de fevereiro e março. Manuela Niza, do Sindicato dos Funcionários do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras, diz que têm sido contratados inspetores que depois são desviados para outros serviços.

  • Hasta pública de madeira ardida rendeu 2,85 milhões de euros

    País

    Mais de meia centena de lotes de madeira ardida proveniente de matas nacionais e perímetros florestais geridos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foram esta quinta-feira vendidos por 2,85 milhões de euros, numa hasta pública em Viseu.

  • "Dinheiro gasto em contentores dava para construir outro hospital" no Porto
    1:40

    País

    A bastonária dos Enfermeiros pede uma investigação aos contratos de contentores no Hospital de São João, no Porto. Ana Rita Cavaco diz que os "milhares de euros" já gastos na contratação e manutenção dos contentores da Pediatria e outros serviços do centro Hospitalar de São João davam para construir um novo hospital. E levanta ainda a suspeita sobre a empresa contratada.