sicnot

Perfil

Mundo

ONU anuncia novas acusações de abuso sexual de menores por capacetes azuis

A ONU anunciou hoje quatro novas acusações de abuso sexual de menores por capacetes azuis procedentes da República Democrática do Congo (RDCongo) e destacados na República Centro-Africana.

Os alegados crimes ocorreram entre 2014 e 2015.

Os alegados crimes ocorreram entre 2014 e 2015.

© Siegfried Modola / Reuters

As vítimas, quatro menores de idade, residiam num acampamento para deslocados e os casos foram conhecidos depois de as Nações Unidas terem instado as populações locais a denunciar os factos, explicou em conferência de imprensa o porta-voz da ONU, Farhan Haq.

Os alegados crimes ocorreram entre 2014 e 2015 e a ONU está a trabalhar para garantir que as vítimas tenham acesso a assistência médica e psicológica, referiu o porta-voz.

Haq disse que a organização informou a RDCongo das acusações e pediu que confirme no prazo de dez dias se vai investigá-las. Caso contrário, a própria ONU realizará uma investigação, acrescentou.

A missão das Nações Unidas na República Centro-Africana (MINUSCA) teve conhecimento das denúncias no passado 11 de fevereiro através de agências humanitárias a trabalhar no terreno.

Este mês, a MINUSCA já tinha mandado repatriar 120 soldados da RDCongo e da República do Congo depois de ter tomado conhecimento de novos casos de abusos sexuais.

Nos últimos meses, a ONU recebeu dezenas de acusações de abuso de menores por parte de forças de paz destacadas naquele país africano, denúncias que levaram a organização a tomar medidas para tentar pôr termo a estes crimes e responder de forma adequada quando ocorrem.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.